Levir não consegue repetir escalação no Santos e reclama: "Balança o time"

  • Thiago Ribeiro/AGIF

Mesmo sem perder há cinco jogos (dois empates e três vitórias), o técnico do Santos tem o que lamentar. Sofrendo com desfalques, Levir Culpi tem dificuldades para repetir as escalações. Diante do Vasco, não pôde contar com Vanderlei, Victor Ferraz, Renato e Thiago Maia, este último vendido na véspera do duelo. Para o comandante, o fato abala o time.

"O corpo do time titular. É importante o torcedor saber pelo menos nove jogadores na escalação. Isso é o mais difícil de acontecer no Brasil, por conta das dificuldades de calendário, da parte física. Perdemos vários jogadores no jogo passado. Isso balança o time. E quando perde vai para o inferno, quando ganha vai para o céu", disse após empatar sem gols com o Vasco.

Nas últimas semanas, o treinador procurou preservas a condição física dos atletas ao máximo. Antes de enfrentar o Vasco no domingo, deu folga aos titulares na sexta-feira e apenas um rachão no sábado. Segundo Levir, tem tentado acertar o time na base da conversa para que haja o menor desgaste possível.

"O que mais sinto falta é o tempo para fazermos treinamentos, repetir a mesma formação. São os itens que mais me preocupam em relação ao Santos", comentou.

Levir Culpi comandou o Santos em dez partidas e ainda não pôde contar com Ricardo Oliveira, Zeca, Luiz Felipe e Gustavo Henrique, todos em recuperação de lesão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos