Com iminente proposta, Nenê fica fora de viagem e deve deixar o Vasco

A era de Nenê no Vasco parece estar perto do fim. Em reunião na última segunda-feira com a diretoria do clube, manifestou o desejo de deixar São Januário. O motivo passado no encontro foi o de uma iminente proposta que está para ser entregue ao Cruz-Maltino, que a analisará. Por conta disso, ele ficou fora da viagem para São Paulo, onde nesta quarta-feira a equipe carioca enfrenta os donos da casa em mais uma rodada do Campeonato Brasileiro.

O contrato de Nenê, de 35 anos, com o Vasco é até o fim de 2018. Neste Campeonato Brasileiro, o camisa 10 já entrou em campo em 12 partidas, impossibilitando uma transferência para clubes da Série A. O mercado que poderia receber o jogador neste segundo semestre é divisões inferiores do Nacional, além de clubes de fora do Brasil - onde ele é visto com um maior leque de mercado. Esta iminente proposta deve chegar até quinta-feira nas mãos da cúpula do Vasco.

Nenê chegou ao Vasco no início do segundo semestre de 2015 e foi peça importante na briga da equipe contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O time evoluiu, mas não conseguiu evitar a queda. Em 2016 foi principal peça no acesso e neste ano recebeu questionamentos, sendo colocado no banco por opção técnica pela primeira vez pelo técnico Milton Mendes. Com a camisa vascaína, ele entrou em campo no período 110 vezes e fez 40 gols.

Nesta temporada, Nenê já havia recebido proposta do Vitória, mas rejeitado. Não é a primeira vez que a possibilidade do meia deixar o Vasco vai a público. Dias antes do Natal em 2016, o jogador admitiu pela primeira vez a chance de deixar o clube. O motivo, na época, seria a distância de seus filhos, já que tinha retornado ao Brasil para ficar mais perto deles, ponto que no Rio de Janeiro não conseguia como gostaria - a família mora na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo.

O LANCE! procurou a assessoria pessoal de Nenê, que informou "daqui a pouco conversamos sobre Nenê". O vice-presidente de futebol do Vasco, Eurico Brandão, e o empresário do jogador, Gilvan Costa, também foram procurados, mas não responderam os contatos da reportagem até esta publicação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos