Justiça espanhola emite ordem de captura contra Ricardo Teixeira

O ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, teve uma ordem internacional de captura emitida em seu nome pela justiça espanhola. A informação é do site espanhol "Cronica Global". Segundo a publicação, Ricardo é acusado de ter participação em um esquema de desvio de dinheiro durante amistosos da Seleção Brasileira em seu mandato. Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona, também estaria envolvido.

De acordo com o site, a ordem partiu da juíza Carmen Lamela no dia 12 de junho, quinze dias após a prisão de Rosell.

- Teixeira obteve, de forma indireta, mediante a um emaranhado societário que se nutria da renda do acordo da ISE para a Uptrend, grande parte dos 8,3 milhões de euros que a ISE transferiu para a Uptrend pela suposta intermediação desta última - afirmou.

Ricardo Teixeira está no Brasil e, caso o mandato de fato se cumpra, o ex-mandatário não corre o risco de ser extraditado para a Espanha, pois o Brasil não extradita seus cidadãos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos