Lucas Leiva se despede do Liverpool: 'É um dos melhores clubes do mundo'

Depois de 10 anos com a camisa do Liverpool, o brasileiro Lucas Leiva se despediu do clube nesta terça-feira. Através de uma carta emocional publicada no site oficial do clube e nas redes sociais do jogador, ele explicou sua decisão de deixar os Reds e enalteceu a equipe.

Em seu Twitter, o Liverpool prestou várias homenagens ao volante, inclusive com um recado dos jogadores. Lucas chega à Lazio para substituir o argentino Lucas Biglia, que foi confirmado como novo reforço do Milan. O atleta estava no clube inglês desde 2007, quando deixou o Grêmio. No time de Anfield Road, Lucas disputou 346 partidas. Na última temporada, perdeu espaço com Jürgen Klopp e amargou a reserva por um bom tempo e atuou em 31 partidas, marcando um gol.

- Este é um dos melhores clubes do mundo e minha intenção sempre foi passar o resto da minha carreira aqui, mas quanto menos eu consegui jogar, mais percebi que precisava ir a outro clube se quisesse jogar o máximo possível - admitiu o jogador.

VEJA A CARTA NA ÍNTEGRA

"Quando eu cheguei ao Liverpool pela primeira vez, eu tinha três principais ambições. Primeiro, eu queria um lugar no time, o que eu trabalhei para conseguir. Em seguida, eu esperava provar que era digno de vestir essa camisa, um objetivo que outros estarão melhor posicionados do que eu para decidir se foi ou não alcançado. Finalmente, eu vislumbrei o futuro com a esperança de que se um dia eu deixasse esse clube maravilhoso, isso aconteceria da melhor forma possível. Esse dia chegou agora quando me preparo para uma nova fase da minha carreira na Lazio e, ao mesmo tempo em que eu estou triste pelos meus dias em Anfield estarem chegando ao fim, eu posso ao menos me confortar sabendo que a minha relação com o Liverpool e os torcedores está mais forte do que nunca.

Este é um dos melhores clubes do mundo e minha intenção sempre foi passar o resto da minha carreira aqui, mas quanto menos eu consegui jogar, mais percebi que precisava ir a outro clube se quisesse jogar o máximo possível. Quando você ama um clube e uma cidade tão quanto eu amo Liverpool não é uma decisão fácil de se tomar. A coisa mais fácil para mim seria ficar aqui o tempo que puder, mesmo que eu não esperasse jogar com tanta frequência, mas isso iria contra tudo o que eu acredito como jogador de futebol e como competidor.

É por essa razão que vou para a Lazio, o que significa que minha tristeza em deixar o Liverpool é acompanhada por uma verdadeira animação por representar um dos grandes clubes da Itália. Antes de tomar minha decisão de ir para a Itália, discuti minha situação com Jurgen Klopp e a maneira como ele tratou tudo isso me mostrou mais uma vez quão respeitoso ele é com seus jogadores. Sou grato a ele e a todos os gerentes em que trabalhei no Liverpool, especialmente aqueles que mostraram fé em mim quando teria sido fácil fazer o contrário.

Minha prioridade agora é olhar para um novo capítulo da minha carreira acreditando que posso contribuir com a Lazio da mesma forma que espero ter ajudado o Liverpool. Fui abençoado por viver e trabalhar nesta cidade, um lugar que eu percebi ser diferente de qualquer outro, e enquanto moro aqui fui casado e abençoado com duas crianças maravilhosas, então, o que quer que aconteça agora, sempre levaremos o Liverpool para todos os lugares que iremos. Eu também tive a sorte de jogar com tantos companheiros de classe mundial e compartilhei com eles a devoção para fazer tudo o que pudessenos para ajudar o clube a ser tão bom quanto possível.

Fora do campo, fiquei com a honra em me tornar um administrador da Fundação LFC e ver em primeira mão o trabalho que eles fazem na comunidade local. Quando eu comemorei meus 10 anos de Liverpool, significou muito ouvir algumas das crianças que a Fundação ajudou me descreverem como Scouser. Talvez eu não tenha ganhado tantos troféus quanto eu gostaria durante o meu tempo aqui, mas ter pessoas falando sobre mim dessa forma significa tanto quanto qualquer medalha. O mesmo vale para o vídeo que me foi enviado na sexta-feira, que mostrou os fãs, muitos deles jovens, cantando meu nome durante o jogo diante do Wigan Athletic. Ser o destinatário desse apoio e dessa paixão me emociona.

É por essas razões - e muitas, muitas outras - que o Liverpool Football Club e seus adeptos sempre terão um lugar especial no meu coração. Além disso, a personalidade, o humor, a dignidade e a integridade das pessoas desta cidade também ficarão comigo para sempre. Do fundo do meu coração, agradeço a todos os fãs de Liverpool. Minha família e eu sempre agradeceremos o seu apoio e por ter feito parte deste grande clube, o que significa que também ficaremos tristes agora que chegou a hora de irmos embora. Tudo o que posso dizer agora é que eu espero mais do que qualquer outra coisa que a nova temporada seja uma ótima para o meu novo e também para meu antigo clube."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos