Em bom jogo, Diego perde pênalti, e Fla e Palmeiras empatam na Ilha

Num jogo com um primeiro tempo eletrizante, Flamengo e Palmeiras empataram em 2 a 2, na noite desta quarta-feira, na Ilha do Urubu. O jogo foi bem movimentado, mas as equipes não aproveitaram o novo tropeço do líder Corinthians, que empatou com o Avaí nesta décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Diego perdeu um pênalti na segunda etapa. Com o resultado, o Rubro-Negro permanece em quarto, agora com 25 pontos, enquanto o Alviverde chegou aos 23, ainda em quinto.

Empurrado pela torcida, o Flamengo partiu em velocidade ao ataque logo após o apito inicial. A pressão deu resultado aos sete minutos, quando Guerrero pegou a bola na entrada da área e tocou para Pará chutar em diagonal. A bola morreu no fundo da rede, e a galera explodiu de alegria na Ilha. Atordoado, o Palmeiras só observava o Rubro-Negro trocar passes e chegar com perigo. Everton e Everton Ribeiro tiveram boas oportunidades para ampliar, mas pararam em Jailson. Aliás, o goleiro alviverde fez uma linda defesa e evitou um gol contra de Mina.

Com o passar do tempo, o Flamengo diminuiu o ritmo alucinante, e o Palmeiras empatou. Zé Roberto deixou Willian na cara do gol, e o atacante tocou na saída de Thiago, aos 31 minutos. Guerrero reclamou de falta de Mina no lance que originou a jogada. Pouco depois, os rubro-negros voltaram a ficar na bronca com a arbitragem. Everton Ribeiro caiu na área pedindo pênalti. O banco de reservas e a torcida do Fla foram à loucura.

Em outra jogada de inteligência, o Palmeiras virou com Roger Guedes, aos 42 minutos. O atacante recebeu lançamento perfeito de Mina e tocou fora do alcance de Thiago, cara a cara com o goleiro. Um minuto depois, o Flamengo empatou com Guerrero. O atacante rubro-negro ganhou disputa de bola com Luan, na base da raça, e chutou com violência.

O Palmeiras voltou melhor no início do segundo tempo e obrigou o goleiro Thiago a fazer duas boas defesas. O Flamengo tinha dificuldades para furar a marcação adversária, mas conseguiu um pênalti aos 26 minutos. Geuvânio invadiu a área e foi derrubado por Michel Bastos. No entanto, o clima de festa acabou rápido. Jailson brilhou e fez bela defesa em cobrança de Diego.

O pênalti desperdiçado esfriou o ânimo do Flamengo. Do outro lado, o Palmeiras buscava encaixar um contra-ataque, mas faltava capricho. Borja teve ótima chance para dar a vitória aos visitantes, mas chutou em cima de Thiago já dentro da área adversária. No fim, vaias da torcida rubro-negra, que ainda pediu a saída do técnico Zé Ricardo. O empate não agradou aos mandantes.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 2 PALMEIRAS

Local: Ilha do Urubu, Rio de Janeiro (RJ)

Data-Hora: 19/7/2017 - 21h45

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Auxiliares: Alessando Rocha Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (ambos da BA)

Público/renda: 14.223 pagantes/ R$ 938.105,00

Cartões amarelos: Bruno Henrique, Mina, Luan, Borja, Michel Bastos, Tchê Tchê, Jailson, Thiago Santos, Dudu (PAL); Márcio Araújo, Mancuello (FLA)

Cartões vermelhos: -

Gols: Pará (7'/1ºT) (1-0), Willian (31'/1ºT) (1-1), Róger Guedes (42'/1ºT) (1-2), Guerrero (43'/2ºT) (2-2)

FLAMENGO: Thiago Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo (Berrío, aos 35'/2ºT) e Cuellar; Everton Ribeiro (Geuvânio, aos 24'/2ºT), Diego e Everton (Mancuello, aos 40'/2ºT); Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

PALMEIRAS: Jailson, Mayke, Mina, Luan e Michel Bastos (Keno, aos 29'/2ºT); Bruno Henrique (Thiago Santos - Intervalo), Tchê Tchê e Zé Roberto; Róger Guedes, Dudu e Willian (Borja, aos 44'/1ºT). Técnico: Cuca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos