Jejum invertido! São Paulo vence após 9 jogos e mantém tabu do Vasco

O momento do São Paulo era tão ruim que nem mesmo o Vasco deve ter percebido que tinha um retrospecto perfeito para reabilitar o Tricolor: não vence o time desde 18 de julho de 2012, quando aplicou 1 a 0 no Morumbi. E não foi nesta quarta-feira, no Morumbi, que este jejum acabou.

Graças a gol com um minuto de jogo de Lucas Pratto, o time de Dorival Júnior ganhou por 1 a 0 e segurou o resultado até o fim, encerrando com uma sequência de nove rodadas sem vitória.

Placar que frustra bastante o Vasco, que teve a bola, mas não teve qualidade para criar chances claras e perdeu a oportunidade de se firmar na briga por vaga na Libertadores, estacionando nos 21 pontos. Melhor para o São Paulo que, além dos três pontos somados, pode comemorar a volta de um time confiante em campo. A vitória deixa a equipe com 15 pontos, ainda na zona de rebaixamento, mas injeta ânimo na briga para afastar o perigo.

Fruto do que foi visto dentro de campo. Dorival só trocou o lateral-

esquerdo Júnior Tavares para promover a estreia de Edimar, que não

fez nada além do básico, protegendo seu setor. A grande alteração es-

tava no ânimo da equipe. No lance do gol, Pratto marcou a saída de bola do Vasco e ela foi retomada e tocada até que Cueva lhe deu para chutar nas redes.

O Vasco respirou fundo e, aos poucos, foi trocando passes, avançando diante de um rival consciente de sua má fase. O Tricolor passou a jogar atrás da linha da bola, mas empenhado em marcar. Como um time completamente confiante, a grande surpresa da noite, não deixou o rival criar chances claras e teve as melhores oportunidades, saindo com frieza para contra-atacar.

A equipe carioca atuou no segundo tempo tentando se posicionar de vez no campo de ataque, e teve sucesso só na ocupação. Continuou com dificuldade para entrar na área, por baixo ou por cima.

O São Paulo bloqueou bem a meta de Renan Ribeiro e só irritou mesmo seus torcedores ao cometer falhas na frente. Mas a noite de quarta-feira, para quem foi ao Morumbi, foi o típico jogo em que 1 a 0 bastava mesmo para quem enfrentou muito frio para ir ao estádio.

O Tricolor volta a jogar às 20h de segunda, novamente em casa, contra

o Grêmio. Já o Vasco visita o Atlético-MG às 19h de domingo.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 X 0 VASCO

Local: Morumbi, São Paulo (SP)

Data-Hora: 19/07/2017 - 21h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway - MT (FIFA)

Auxiliares: Fabio Rodrigo Rubinho - MT (CBF) e Marcelo Grando - MT (CBF)

Público/renda: 22.574 torcedores / R$ 552.781,00

Cartões amarelos: Jonatan Gomez, Petros, Lugano (São Paulo); Paulão, Rafael Marques e Thalles (Vasco)

Cartões vermelhos: -

Gols: Lucas Pratto (1'/1ºT) (1-0)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro, Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei e Petros; Cueva (Gilberto, aos 39'/2ºT), Jonatan Gomez (Cícero, aos 24'/2ºT) e Wellington Nem (Marcinho, aos 19'/1ºT); Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

VASCO: Martin Silva, Madson, Rafael Marques, Paulão e Ramon; Jean e Bruno Paulista (Evander, aos 23'/2ºT); Yago Pikachu (Guilherme Costa - intervalo), Wagner (Paulinho, aos 05'/2ºT) e Escudero; Thalles. Técnico: Ednelson Silva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos