Santos e Barcelona voltam a negociar data para realizar segundo amistoso

  • YOSHIKAZU TSUNO/AFP

    Primeiro amistoso entre Barcelona e Santos terminou 8 a 0 para os espanhóis

    Primeiro amistoso entre Barcelona e Santos terminou 8 a 0 para os espanhóis

Pela segunda vez, Santos e Barcelona (ESP) voltaram a negociar a realização do segundo amistoso, uma das pendências da contratação de Neymar, em 2013. Os espanhóis se colocaram à disposição para jogar no Brasil no dia 8 ou 9 de agosto. A CBF, no entanto, não permitiu, pois o Peixe joga no dia 10 contra o Atlético-PR, na Vila Belmiro, pela volta das oitavas de final da Libertadores.

Desta forma, os catalães terão que enviar a proposta com uma nova data. De acordo com o contrato da venda do atacante, o Barça pode realizar o jogo enquanto Neymar tiver contrato com o clube espanhol, ou seja, até 30 de junho de 2021.

Caso o segundo amistoso não aconteça, o Barcelona terá que pagar 4,5 milhões de euros (R$ 16,3 milhões).

Uma das cláusulas referentes ao amistoso obriga Neymar a estar em campo, assim como o time principal do Barcelona. Se o camisa 11 for vendido, o jogo não acontece e os espanhóis terão que desembolsar o valor da multa.

Diferentemente da primeira tratativa, que ocorreu em abril de 2016, o Santos não quer mandar a partida na Vila Belmiro. A diretoria acredita que pode arrecadar mais se realizar o amistoso em um estádio de grande capacidade e não necessariamente no estado de São Paulo.

O primeiro amistoso aconteceu no dia 2 de agosto de 2013, no Camp Nou. O Barcelona goleou o Peixe por 8 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos