Bandeira garante Zé no comando do Fla e critica arbitragem na Ilha

Após o empate entre Flamengo e Palmeiras na última quarta-feira na Ilha do Urubu, o clima ficou tenso no estádio e torcedores protestaram contra o time e pediram a saída de Zé Ricardo. Em entrevista à Fox Sports, o presidente Eduardo Bandeira de Mello garantiu a permanência do comandante rubro-negro.

- A torcida tem todo o direito de reclamar, mas o Zé Ricardo é o nosso treinador e vai continuar, não adiante pressionar. Ele vai continuar, é o nosso treinador, tem toda nossa confiança e a gente respeita que uma parcela até pequena da torcida se manifeste contra, mas tenho certeza que uma grande maioria dos rubro-negros apoia o que a diretoria está fazendo e o bom trabalho que o Zé Ricardo está fazendo.

Bandeira reclamou demais da arbitragem, que no primeiro tempo teria prejudicado demais o Flamengo, deixando de marcar faltas nos lances dos gols do Palmeiras e também anulando um gol de Guerrero.

- O Flamengo poderia ter matado o jogo no primeiro tempo, principalmente se o juiz tivesse dado o pênalti em cima do Guerrero e anulado os dois gols do Palmeiras que foram irregulares. Se ele tivesse validado o gol de Guerrero, onde o Everton não estava impedido. Ainda houve um lance duvidoso em cima de Everton Ribeiro. Poderíamos ter feito cinco gols no primeiro tempo e não ter tomado nenhum se o juiz tivesse agido como deveria, mas infelizmente esse tipo de coisa acontece, principalmente quando a gente joga contra o Palmeiras.

Time ainda sonha com o título do Brasileirão e o presidente garantiu que obrigação do Flamengo é brigar até o final.

- Nossa obrigação é lutar até o final e vamos lutar. Muito desagradável perder pontos como foi hoje. Dá vontade ás vezes até de desistir. Se isso é futebol eu não tenho o menor prazer em participar disso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos