Com São Paulo buscando goleiro, Renan passa em branco após 7 jogos

Renan Ribeiro viveu uma semana complicada. Na segunda-feira, enquanto voltava de Chapecó (SC) em viagem de ônibus e avião, soube que se tornou pública uma oferta do São Paulo por Walter, reserva do Corinthians. Mas o titular do Tricolor, ao menos, conseguiu ficar sem levar gol pela primeira vez em sete partidas.

A vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, nessa quarta-feira, no Morumbi, acabou com uma sequência de nove jogos sem o time ganhar e também teve o camisa 30 sem ser vazado, algo que não ocorria desde o 0 a 0 diante do Sport, em Pernambuco, em 14 de junho, há mais de um mês.

Depois daquele empate sem gol, o São Paulo perdeu de Atlético-MG, Atlético-PR, Flamengo, Santos e Chapecoense e ficou na igualdade diante de Fluminense e Atlético-GO, caindo para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Ainda está na incômoda faixa da tabela.

Em meio à má fase, Renan Ribeiro se destacou. Salvou o time diversas vezes, inclusive para garantir os três pontos contra o Vasco, nessa quarta-feira. Acostumou-se a ser exaltado pela torcida e, costumeiramente, prontificou-se a dar entrevistas, mesmo após derrotas. Mas, após o jogo diante do Vasco, preferiu sair do Morumbi calado.

Renan Ribeiro, de 27 anos, está há quatro temporadas no clube e, para ser titular em 2017, precisou esperar a oportunidade após Denis e o recém-contratado Sidão acumularem falhas no início do Campeonato Paulista. O contrato de Renan vai até maio e ele sempre disse que quer renovar, mas a diretoria só prometeu se mexer mesmo para isso nesta semana.

O São Paulo fez uma oferta por Walter por meio de Júlio Fressato, empresário que trabalha com o reserva do Corinthians. A negociação nem chegou ao goleiro porque o presidente do clube alvinegro, Roberto de Andrade, não permitiu, atendendo ao pedido do técnico Fábio Carille de não negociar nenhum titular ou suplente imediato. Walter, que fará 30 anos e tem contrato até 2019, ainda deve receber aumento e renovar seu vínculo.

Para não desestabilizar Renan Ribeiro, a diretoria se posiciona dizendo que busca um goleiro para ser uma alternativa a ele, já que Denis tem contrato até dezembro e não deve ficar. Mas é inegável que a notícia sobre Walter pode abalar o titular, e o técnico Dorival Júnior não o defendeu publicamente.

Após a vitória sobre o Vasco, Dorival Júnior foi questionado se pediu a contratação de Walter e sobre o que pensa de Renan Ribeiro. Não fez elogios nem criticou quem hoje é o dono da posição no São Paulo e preferiu apenas desconversar sobre o caso.

"Todas as contratações serão conversadas internamente. Todos os nomes são respeitados, jogadores de muito bom nível. Não falarei de nenhum nome ou posição porque isso gera intranquilidade dentro do grupo de trabalho. Conversas são internas. Muitas coisas são verdade e outras, não. Se acontecerem, serão passadas a vocês (imprensa)", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos