Jailson dedica pênalti defendido a Prass e leva 'presente' de aniversário

Jailson foi a principal mudança do Palmeiras para o jogo contra o Flamengo e terminou como um dos destaques. Além de boas defesas, o goleiro, que nesta quinta faz 36 anos, pegou o pênalti cobrado por Diego no empate em 2 a 2. Ele dedicou o lance a Fernando Prass, que foi para o banco, e Vinícius, terceiro jogador da posição.

- Sou um cara muito sincero, de coração muito bom, não guardo rancor. Esse pênalti eu dedico ao Prass e ao Vinicius (Silvestre) - afirmou.

Prass vinha sofrendo críticas sobretudo pelos gols sofridos contra Tucumán, São Paulo, Coritiba e Cruzeiro. Cuca chegou a defender o camisa 1 após a derrota para o Corinthians, dizendo que não o escolheria como culpado pela má fase da equipe, mas avisando que colocaria Jailson "naturalmente" se achasse necessário. O titular desta noite não atuava desde o jogo contra o Audax pelo Paulista, em março.

A partida na Ilha do Urubu o manteve invicto na Série A: são agora 20 partidas, contando a campanha do título do Palmeiras em 2016. A boa volta serviu como presente de aniversário antecipado do goleiro.

- É meu aniversário, vou fazer (nesta quinta) 36 anos, não parece, com corpinho de 28 (risos). O time está de parabéns, não é fácil jogar aqui, vamos descansar, que domingo tem mais. Não é fácil ficar tantos meses sem jogar, hoje graças a Deus consegui dar conta do recado - completou.

Jailson deve ser também o titular do Palmeiras no próximo domingo, contra o Sport, pela 16ª rodada do Brasileirão. Com 23 pontos, o time é o quinto na classificação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos