Maicosuel já treina com elenco, mas não deve voltar a jogar tão cedo

O treino da tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda, teve Maicosuel como novidade. Na atividade envolvendo reservas, o atacante trabalhou pela primeira vez sem nenhuma restrição com os colegas depois de mais de um mês. Sua volta aos jogos, porém, ainda deve demorar.

Maicosuel não entra em campo desde 8 de junho, quando foi titular no triunfo por 2 a 0 sobre o Vitória, seu único jogo pelo São Paulo até agora, e saiu no intervalo queixando-se de dores no púbis. Desde então, foi afastado para fazer trabalho de reequilíbrio muscular e até foi atendido pela diretoria no pedido de não receber salário enquanto não ficar à disposição novamente.

Nesta semana, o camisa 7 foi liberado pelo departamento médico e está nas mãos dos preparadores físicos. O jogador, então, participou da atividade envolvendo quem não foi titular diante do Vasco nessa quarta-feira, no Morumbi, e trabalhou normalmente.

A estimativa da comissão técnica é de que Maicosuel só fique à disposição em, ao menos, duas semanas. Há uma cautela para evitar risco de lesões com o jogador, que só foi liberado para estrear, em 8 de junho, porque, segundo os médicos do clube, não se queixava de nenhuma dor muscular naquele momento.

Maicosuel não mostrou nenhuma limitação física no treino desta quinta-feira, mas não atuou integralmente na atividade. Na segunda metade dos exercícios técnicos, juntou-se ao recém-contratado zagueiro Aderllan, que também trabalha fisicamente para ficar à disposição, e deu voltas no gramado.

Antes da saída dos dois, os jogadores foram divididos em dois times. Um tinha Sidão; Buffarini, Lugano, Aderllan e Hugo Gomes; Araruna, Cícero e Lucas Fernandes; Thomaz, Pedro e Gilberto. Outro tinha Lucas Perri; Foguete, Douglas, Militão e Júnior; Kal, Wesley e Shaylon; Denilson, Maicosuel e Gabriel Rodrigues.

Na segunda metade, com dez jogadores de cada lado, quem estava no campo de ataque poderia dar quantos toques na bola quisesse, enquanto os defensores tinham uma limitação de dois toques, testando a saída de bola. O técnico Dorival Júnior acompanhou tudo de perto.

O volante Wesley, que negocia sua rescisão de contrato com o clube, treinou normalmente. Já os titulares na vitória sobre o Vasco fizeram trabalho regenerativo e apareceram no gramado somente para assistir ao treino dos colegas.

O São Paulo enfrenta o Grêmio às 20h de segunda-feira, no Morumbi. A equipe está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e acabou nessa quarta-feira com uma sequência de nove partidas sem vitória, conquistando o primeiro triunfo sob o comando de Dorival Júnior.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos