Monaco quer denunciar clubes que procuraram Mabppé sem autorização

O Monaco não está nada satisfeito com o assédio dos clubes europeus ao atacante Kylian Mbappé. Nesta quinta-feira, os atuais campeões franceses publicaram uma nota oficial repudiando a tentativa de negociação de "importantes times europeus" com o jovem jogador.

Com isso, o time do Principado ameaçou pedir uma intervenção da Fifa, fazendo valer o artigo 18.3 do Regulamento do Estatuto e Transferências de Jogadores da Fifa, além de citar também o artigo 211 da Liga Francesa de Futebol.

Aos 18 anos, Mbappé foi especulado em diversos clubes e chegou a ser cotado em um valor de 120 milhões de euros. Real Madrid, Arsenal, Manchester United, PSG e Barcelona apareceram como interessados.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

"O AS Monaco percebeu que importantes times europeus fizeram contato com Kylian Mbappé sem a autorização do clube.

O Monaco quer lembrar a esses clubes que esses atos vão contra o artigo 211 do regulamento Administrativo da Liga Francesa de Futebol, e contra o artigo 18.3 do Regulamento do Estatuto e Transferências de Jogadores da Fifa.

Para colocar fim a essa situação inaceitável, o Monaco considera pedir à Federação Francesa de Futebol e à Fifa para tomar medidas disciplinares contra essas equipes."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos