'Intocáveis', Renan e Jucilei ganham torcida, mas têm futuro indefinido

Com diversas chegadas e saídas, a equipe do São Paulo mudou consideravelmente desde o início do Campeonato Brasileiro. No entanto, dois jogadores são intocáveis: o goleiro Renan Ribeiro e o volante Jucilei. São os únicos atletas do grupo que disputaram todos os minutos do Campeonato Brasileiro até aqui. E o desempenho em campo tem agradado, pelo menos ao torcedor.

 

Antes dos jogos, Renan e Jucilei são dos nomes mais cantados pela torcida. O volante já virou xodó. O goleiro também recebe manifestações positivas. Na vitória de 1 a 0 contra o Vasco na última quarta-feira, no Morumbi, Renan foi exaltado pela arquibancada após salvar o time no fim. Após longo período de críticas, agora o são-paulino passa tranquilidade ao protetor de seu gol.

 

A dupla dividia o posto de mais utilizados com o lateral-esquerdo Júnior Tavares, outro que estava 100% no Nacional. No entanto, ele foi sacado do time na quarta, dando lugar ao estreante Edimar. Tavares segue como o atleta que mais atuou no ano, com 38 de 41 partidas.

 

Renan e Jucilei também têm outro aspecto em comum. Estão com os contratos se aproximando do fim e a diretoria inicia o movimento para discutir novos termos. No caso do volante, isso já aconteceu. Há duas semanas, a diretoria se reuniu com o empresário Nick Arcuri, representante de Jucilei, para pensar em estratégia de compra. O camisa 25 está emprestado pelo Shandong Luneng (CHI) até o fim do ano, e quer permanecer. É preciso investir. Por enquanto, pela fase do time e o movimento forte na janela de transferências, as conversas esfriaram.

 

Já Renan tem vínculo com o São Paulo até 28 de maio de 2018. Em dezembro próximo, ele pode assinar pré-contrato com qualquer clube. Isso faz a diretoria considerar uma negociação, mas ela ainda não foi iniciada. Ao mesmo tempo, o clube fez proposta por Walter, goleiro reserva do Corinthians, que recusou. Certo é que não haverá renovação com Denis, cujo contrato acaba no fim deste ano. Ele está se recuperando de lesão.

 

No momento, Renan tem Sidão como sombra. Mas o goleiro reserva não se destacou nesse primeiro ano de São Paulo. A tendência é que haverá busca por outro goleiro, mesmo que seja para acirrar a competição pelo lugar no time. Enquanto isso, o titular, dono da camisa 30, se firma e ganha moral com a torcida.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos