Bonucci dispara: 'Ficar fora contra o Porto foi a gota d'água com Allegri'

Uma das negociações que mais chamaram a atenção até o momento nesta janela de transferências foi a saída de Leonardo Bonucci da Juventus. O zagueiro, ídolo da Velha Senhora, foi negociado com o rival Milan. Neste sábado, em entrevista ao jornal "La Gazzetta dello Sport", o defensor falou sobre a mudança de casa e comentou os problemas com o técnico Massimiliano Allegri.

Bonucci assinou até 30 de junho de 2022 e custou 42 milhões de euros (R$ 153,3 milhões) ao Rossonero, valor que será pago em três parcelas. O jogador falou que sua relação no clube de Turim era ruim e a saída foi boa para ambas as partes.

- A vida é feita de ciclos que começam e acabam, até os mais bonitos casamentos têm um fim. A verdade é que nenhuma das partes (eu e Juventus) queria continuar trabalhando em conjunto e fico contente pela forma como as coisas terminaram. Por tudo aquilo que dei à Juventus, eu não me sinto um traidor ou um mercenário... Os torcedores, mesmo que me vaiem, sabem que é verdade - disse.

O defensor falou também sobre os problemas extracampo com o técnico da Juventus, Massimiliano Allegri. Bonucci chegou a ficar fora do jogo de ida contra o Porto, no Estádio do Dragão, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

- As pessoas pensam que esse caso foi o que deu início ao conflito, mas a verdade é que isso foi apenas a gota d'água. Já havia várias situações para trás.

No Milan, Bonucci vai usar a camisa 19 e deve ser o capitão da equipe. O defensor foi revelado pela Inter, onde ficou de 2005 a 2007, sendo emprestado a times menores como Treviso e Pisa. Em 2009/10, assinou com o Bari, onde se destacou e foi para a Juventus.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos