Giovanni Augusto ganha vaga e terá nova chance como titular do Timão

Presente em apenas 12 partidas do Corinthians nesta temporada, sendo três como titular, o meia Giovanni Augusto voltará ao time neste domingo, às 16h, contra o Fluminense, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 17 do Timão aproveitou a ausência de Marquinhos Gabriel, suspenso, e ganhou a vaga do lesionado Jadson no compromisso do fim de semana para atuar como ponta-direita da linha de três do 4-2-3-1 montado pelo técnico Fábio Carille.

Giovanni Augusto não iniciava uma partida pelo Corinthians desde o dia 8 de fevereiro, quando atuou na vitória por 1 a 0 diante da Caldense, pela primeira fase da Copa do Brasil. O jogador contratado no ano passado começou o ano como titular, mas perdeu espaço por conta de duas lesões e também pela contratação de Jadson, que rapidamente tomou conta do setor. Contestado em razão das atuações de 2016, o meia é um jogador que tem a confiança de Carille, disposto a resgatar o futebol do primeiro semestre do ano passado e também o potencial demonstrado em Atlético-MG e Figueirense.

A opção por Giovanni Augusto é natural: além de Jadson e Marquinhos Gabriel, só ele treina como ponta-direita no dia a dia do CT. Outras opções para o setor, como Clayson, Clayton, Pedrinho e Camacho trabalham habitualmente em outras posições. Clayton, aliás, voltou a ser relacionado por Carille após alguns jogos de ausência e fica no banco.

Contra o Flu, o Corinthians vai assim: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Rodriguinho e Romero; Jô; A escalação foi confirmada em treino tático realizado na manhã deste sábado no CT Joaquim Grava. O grupo embarca no fim da tarde para o Rio de Janeiro, local em que será realizada a partida.

Rodriguinho e Pedro Henrique geraram suspeitas durante o treino deste sábado. Enquanto o meia não participou do aquecimento e da primeira parte do trabalho com bola por conta de reforço na academia do CT, o zagueiro ficou no banco durante o trabalho técnico e só entrou na equipe titular para o treino tático, que aperfeiçoou as bolas paradas. Depois destas atividades, os jogadores ainda treinaram finalização, enquanto os reservas disputaram um coletivo em espaço reduzido. Liberado por conta de luto familiar, o técnico Fábio Carille não esteve no treino, e os auxiliares Cuca, Osmar Loss e Fabinho dirigiram as atividades.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos