Palmeiras enfrenta Diego Souza e Sport em alta após novela recente

Palmeiras, Sport e Diego Souza vivenciaram por três semanas uma novela que terminou como começou: com o camisa 87 no Leão da Ilha. Após tentar contratar o meia-atacante, o Verdão encontra os outros dois personagens da história neste domingo - e em boa fase. Deve ser, inclusive, a estreia de Deyverson, o reforço que chegou em vez de Diego.

Dos últimos seis jogos no Brasileiro, o time de Vanderlei Luxemburgo venceu cinco e está logo à frente do Verdão - é o 5º colocado com 24 pontos, e o atual campeão brasileiro é o sexto, com 23. A boa fase contagiou a torcida rubro-negra, que já comprou 30 mil ingressos para o jogo na Arena Pernambuco.

- O Sport tem uma maneira interessante de jogar, com força ofensiva, com o André e o Diego Souza por dentro. Tem dois pontas fortes, os laterais que chegam, volantes que sabem jogar. A subida do Samuel Xavier, do Mena, é uma equipe que está gostando de jogar. O Palmeiras também gosta, acho que vai ser um jogão - disse Cuca.

Enquanto a negociação com o Levante (ESP) por Deyverson não avançava, o Palmeiras tentou recontratar o jogador do Sport, campeão paulista em 2008.

Nos 20 dias, entre idas e vindas, o impasse acabou sendo o valor para a saída. Embora a diretoria do Sport tenha dito publicamente que só aceitaria o negócio mediante o pagamento da multa, de cerca de R$ 60 milhões, mostrou-se durante as conversas disposta a aceitar R$ 15 milhões.

O Palmeiras não aceitou pagar a quantia pelo atleta de 32 anos. O gerente de futebol Cícero Souza chegou a viajar ao Recife para tentar sacramentar o negócio, quando o atual campeão brasileiro mostrava-se bem confiante de seu retorno. O Leão bateu o pé, e Diego parecia indeciso. Antes de fazer o sétimo jogo no Brasileiro, ficou fora alegando problemas particulares.

Se com o Sport o negócio estava arrastado, o Verdão avançou nas conversas por Deyverson, e contratou o atacante de 26 anos por cerca de R$ 18 milhões. Segundo o clube, este era o nome pedido desde o início por Cuca, junto de Richarlison, do Fluminense.

Encerrada a novela, Diego Souza fez um pronunciamento em que disse que ficaria no Sport, mas também disse que se sentiu desprotegido pelo clube enquanto estava com problemas. O caso ficou para trás graças à boa fase do time e de Diego: com o gol marcado na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-GO, ele igualou o ídolo Leonardo na artilharia do clube em Brasileiros com 33 gols.

Já com 16 gols em 2017, o camisa 87 deve, inclusive, bater seu recorde de gols em uma temporada pelo Sport: 2015, quando fez 17, mas em 58 jogos. Neste ano, ele tem até agora 33 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos