Vila Nova-GO marca no fim e Inter perde chance de entrar no G4

Não foi dessa vez que o Internacional entrou no G4 da Série B. Jogando no Serrra Dourada e sem presença da torcida por conta de uma punição imposta pelo STJD, O Vila Nova-GO saiu na frente da partida. Alípio e Mateus Anderson marcaram para os times mandantes e William Pottker fez para os gaúchos. Com o resultado, o Vila assumiu a quarta colocação da competição, com 26 pontos e poderá ser ultrapassado pelo CRB - equipe potiguar joga nesta noite com o Guarani. O time gaúcho ocupa a sexta colocação, tendo somado 24 pontos.

O primeiro tempo foi bastante movimentado. Aos nove minutos, o Colorado teve a chance de abrir o placar com Gutiérrez. Pottker cruzou para o meia-campista, que cabeceou forte e por pouco a bola não entrou na meta. Cinco minutos depois, o Vila Nova-GO deu a resposta. Alan Mineiro arriscou de fora da área e obrigou Danilo Fernandes a trabalhar.

Mais tarde, o Colorado chegou com perigo ao ataque com Diego. O jovem atacante recebeu a bola de D' Alessandro, que driblou o zagueiro dentro da bola, mas foi desarmado na hora da finalização. Aos 33 minutos, um lance polêmico. Em um rápido contra-ataque, o meia Moisés foi puxado por Cuesta, que era o último homem do Inter e o árbitro Vinicius Furlan apenas aplicou o cartão amarelo. O lance revoltou os jogadores do Vila. No fim da primeira etapa, o lateral-esquerdo Gastón Filgueira chutou forte e assustou o arqueiro colorado.

O segundo tempo foi muito truncado e os gols saíram somente na etapa final. Aos 11 minutos, Alan Mineiro chutou cruzado e Danilo Fernandes foi seguro para fazer a defesa. Dois minutos depois, o time goiano balançou a rede. Gastón encontrou Alípio na área, que antecipou da zaga colorada e tocou na saída do goleiro.

Mesmo com o gol sofrido, o time gaúcho não se abalou e empatou o embate. Aos 25, Uendel cruzou na área e o jogador do Vila tocou a mão na bola na pequena área. O juiz marcou pênalti. Na cobrança, William Pottker bateu no canto direito, o goleiro chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

Aos 41 minutos, o Internacional pressionou o adversário. O jovem Juan roubou a bola, chutou de fora da área e quase fez o gol da virada para o time colorado. Nos acréscimos, o Vila Nova-GO marcou o gol da vitória. Tiago Adan foi acionado na área, tocou para Mateus Anderson, que só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA-GO 2 X 1 INTERNACIONAL

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)

Data-Hora: 22/7/2017 - 16h30

Árbitro: Vinicius Furlan (SP)

Auxiliares: Vitor Carmona Metestaine e Bruno Salgado Rizo (SP)

Público/renda: Não divulgado

Cartões amarelos: Gastón Filgueira (VIL); Victor Cuesta, Claudio Winck e Rodrigo Dourado e Joanderson (INT)

Cartões vermelhos: Geovane (VIL)

Gols: Alípio (13'/2ºT) (1-0), Pottker (25'/2ºT) (1-1) , Mateus Anderson (46'/2ºT) (2-1)

VILA NOVA-GO: Luis Carlos; Maguinho, Wesley, Alemão e Gastón; PH; Geovane, Alan Mineiro, Alípio (Mateus Muller, 22/2T) e Mateus Anderson; Moisés (Tiago Adan, 39/2T). Técnico: Hemerson Maria

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho, Felipe Gutiérrez (Juan, 22'/2ºT) e D'Alessandro (Nico López, 15'/2ºT); Diego (Eduardo Sasha, 15'/2ºT) e William Pottker. Técnico: Guto Ferreira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos