Apostando na garotada, Vasco encara o Atlético-MG em Belo Horizonte

  • Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco volta a entrar em campo neste domingo, às 19h, no estádio Independência, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma das novidades do Cruz-Maltino será o retorno de Milton Mendes à beira do campo após cumprir dois jogos de suspensão. Por conta de alguns desfalques e também visando melhorar a produção ofensiva, o técnico vai colocar a garotada para jogar, um pedido que vem sendo feito pela torcida há algum tempo.

Milton não confirmou a escalação, mas pelo que vem treinando e o que disse em coletiva na última sexta-feira, vai começar com alguns jovens da base entre os titulares. Luis Fabiano está lesionado e Thalles suspenso por levar o terceiro amarelo. Sem poder contar com os dois centroavantes do elenco, Paulo Vitor vai começar jogando improvisado como referência na frente. Ele vem jogando assim na base desde o início do ano e vive fase artilheira, com 20 gols. O jovem também já balançou as redes como profissional pela primeira vez contra o Vitória.

No meio, Wagner também está fora por conta de uma lesão na coxa direita, enquanto Yago Pikachu perdeu a vaga por opção do treinador. Com isso, Mateus Vital deve voltar ao time, atuando centralizado para criação das jogadas. Já Paulinho e Guilherme Costa foram testados na ponta direita. O primeiro, de apenas 17 anos, pode ser surpresa no time. Ele entrou bem no segundo tempo contra o São Paulo e foi muito elogiado.

Até o momento, os meninos vêm dando conta do recado nas chances que tiveram. A goleada por 4 a 1 contra o Vitória foi construída com grandes contribuições deles. Guilherme Costa deu passe para o gol de Thalles e também deixou sua marca, com assistência de Paulinho. Já Paulo Vitor marcou um golaço por cobertura. Por isso, Milton garante que tem confiança na molecada.

"Temos confiança total. O Paulo Vitor entrou pela primeira vez contra o Palmeiras, depois fez mais jogos, fez gol contra o Vitória. Ou seja, esses meninos estão ganhando espaço. O Mateus vinha jogando, provavelmente pode ter uma nova oportunidade. São jogadores que vêm crescendo e demonstrando que podem jogar. Momento importante como esse, vamos dar a oportunidade e a continuidade depende só deles", disse o técnico, destacando que é preciso não colocar muita pressão nos jovens.

"É importante dizer que são meninos, eles estão indo devagar e não se pode botar uma exigência muito grande neles", completou.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos