ATUAÇÕES: Bruno Henrique e Keno são os melhores do Palmeiras

Repleto de reservas, o Palmeiras fez um jogo seguro contra o Sport e venceu por 2 a 0. Destaques para Bruno Henrique e Keno que, além dos gols, tiveram desempenhos acima da média na Arena Pernambuco. Confira as notas:

PALMEIRAS

6,5

Jailson

Quando teve trabalho, no segundo tempo, apareceu bem. E mantém sua invencibilidade na Série A do Brasileiro. Ganhou espaço de vez.

6,5

Mayke

Não apareceu tanto no ataque, mas mostrou evolução tática, protegendo bem o seu setor. O Sport não achou espaço por ali.

6,0

Luan

Sofreu um pouco no primeiro tempo, mas se encontrou em campo ao longo do jogo e rebateu bem o perigo.

6,0

Juninho

Bem posicionado e na execução da função de rebater a bola da área quando o Sórt tentou fazer pressão, no segundo tempo.

6,0

Egídio

Bem na bola parada. Quase fez gol olímpico e cruzou para o gol de Bruno Henrique. Mas sofreu na marcação no segundo tempo.

6,5

Thiago Santos

O controle do jogo da equipe no primeiro tempo passa por sua presença na marcação. Atrapalhou Diego Souza.

7,5

Bruno Henrique

Jogou-se na bola para fazer o primeiro gol e deu um lançamento primoroso para Keno ampliar o placar, definindo o resultado.

6,0

Jean

Demorou a se encontrar no esquema e chegou a se atrapalhar com a bola, mas preencheu o meio-campo.

6,5

Erik

Movimentou-se o tempo todo, deu trabalho ao Sport. Participou da maioria das jogadas de perigo no primeiro tempo.

7,0

Keno

Foi a principal arma ofensiva da equipe no primeiro tempo, premiado com sua frieza para balançar as redes.

6,0

Deyverson

Movimentou-se, mostrou que sabe sair da área e incomodou a marcação. Boa estreia, não sentiu falta de ritmo.

6,0

Róger Guedes

Entrou com o jogo resolvido e ajudou a tirar o Sport do campo do Palmeiras.

6,0

Raphael Veiga

Tinha a missão de reter a posse de bola para diminuir o cansaço do time e conter os avanços do Sport. Cumpriu bem sua tarefa.

-

Zé Roberto

Jogou apenas os últimos minutos da partida.

7,0

Téc: Cuca

Poupou jogadores e armou um time que controlou o jogo, definindo a partida ainda no primeiro tempo.

SPORT

6,5

Agenor

Fez grande defesa e não teve culpa no gol.

5,5

Samuel Xavier

Sofreu com Egídio.

6,0

Durval

Bem posicionado para afastar quando o Palmeiras pressionou.

5,5

Ronaldo Alves

Meio perdido, mas se encontrou ao longo do jogo.

5,0

Sander

Não avançou nem marcou. Saiu no intervalo.

5,0

Patrick

Mesmo em um meia para marcar, sofreu para conter o Palmeiras.

5,5

Rithely

Pouco fez na saída de bola, participando mais no segundo tempo.

5,0

Everton Felipe

Pouco contribuiu na armação, aparecendo raramente.

5,5

Mena

Ficou mais à vontade quando jogou recuado pela esquerda.

5,5

Diego Souza

Foi quem mais apareceu para armar, mas errou demais.

5,5

André

A bola mal chegou a ele, mas também poderia ter se mexido mais.

5,5

Rogério

Entrou para dar força ofensiva e deu mais trabalho.

5,5

Thallyson

Cooperou na presença maior no ataque no fim, mas pouco efetivo.

5,5

Thomás

Também ajudou na movimentação ofensiva, mas pouco.

5,0

Vanderlei Luxemburgo

Mal pressionou. Seu time foi bem controlado por um Palmeiras cheio de reservas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos