Fábio Santos não aprova vaias da torcida e diz: 'precisamos melhorar'

Após a derrota para o Vasco por 2 a 1, em plena Independência, o elenco do Atlético-MG saiu vaiado pela torcida, aos gritos de "time sem vergonha". O lateral-esquerdo Fábio Santos não concordou com os questionamentos dos torcedores e disse que os companheiros sentiram os desgastes físicos no decorrer do jogo.

- Vergonha, não. Estamos saindo de campo todo arrebentados. Falta de vontade não é. Sabemos que precisamos melhorar muita coisa. Não podemos abaixar a cabeça - explicou o jogador.

Apesar do revés em casa para a equipe carioca, o lateral quer esquecer o duelo deste domingo e afirmou que o clube vai entrar focado no confronto de volta diante do Botafogo pela Copa do Brasil. Como venceu o primeiro embate por 1 a 0, o time mineiro precisa de um empate para se classificar às quartas de final da competição.

- Temos um jogo importante na quarta-feira, mata-mata e precisamos buscar a classificação - ponderou o camisa 6.

O Atlético-MG ocupa a 13º posição na tabela, com 20 pontos. Na próxima rodada, a equipe alvinegra encara o Coritiba, no domingo que vem, às 16h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos