Jogadores do Sport lamentam derrota e pede foco na Sul-Americana

Após o fim do jogo contra o Palmeiras neste domingo, os jogadores do Sport saíram cabisbaixo para o vestiário e lamentaram a derrota para o clube paulista por 2 a 0, disputado na Arena Pernambuco. Uma das esperanças de gols e homem de confiança do treinador Vanderlei Luxemburgo, o atacante André reconheceu a má atuação da equipe e disse que o Sport foi apático em campo.

- Hoje não foi um dia feliz. Eles souberam neutralizar a gente. Brasileiro é assim, um campeonato muito difícil. Cada jogo é uma dificuldade, não pode dar brecha e hoje a gente deu mole - disparou o jogador.

O atacante Rogério adotou o discurso do companheiro, mas preferiu focar às atenções para o confronto de volta pela Copa Sul-Americana, contra o Arsenal de Sarandí. O jogo contra o time argentino será nesta quarta-feira, no estádio Julio Humberto Grondona. O Leão venceu o primeiro embate por 3 a 0 e pode até perder por dois gols de diferença para se classificar para a fase seguinte.

- Hoje foi complicado. A gente deu alguns vacilos e tomou os gols. Mas agora temos a Sul-Americana pela frente. Temos que levantar a cabeça - reforçou o atacante.

O zagueiro Ronaldo Alves pediu desculpas aos torcedores e declarou que o revés serve de lição. O defensor afirmou que a equipe pecou muito nos passes e quer a recuperação na próxima rodada diante do Bahia.

- Pecando muito nos passes. Mas agora é ter tranquilidade. Perdemos três pontos importantes dentro de casa. Agora, é tentar buscar eles fora de casa - completou o beque.

Para o duelo contra o Tricolor do Aço no próximo final de semana, o técnico Luxemburgo não contará com o trio Rithely, Diego Souza e André que tomaram o terceiro cartão amarelo e estão suspensos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos