Jorginho vê placar de revés do Bahia como injusto: 'Não condiz com o jogo'

Na manhã deste domingo, o Bahia foi derrotado pelo Santos no Pacaembu, por 3 a 0, e deixou escapar a chance de se afastar da zona de rebaixamento. No entanto, o treinador Jorginho acredita que o time jogou bem e não merecia o resultado.

Essa foi a segunda partida fora de casa seguida que o Bahia disputou nesta semana: na quarta-feira, venceu o Atlético-MG dentro da Arena Independência por 2 a 0. Segundo Jorginho, apesar da derrota, o Bahia jogou melhor neste domingo do que contra o Galo, e vê o placar de 3 a 0 como injusto.

- Eu acho que a gente não jogou mal. A gente, na realidade, foi muito mais pressionado pelo Atlético-MG do que nesse jogo. Nós tomamos um gol num momento em que a gente estava muito bem na partida. Não consigo enxergar realmente, os 3 a 0 não condizem com aquilo que foi o jogo. Tomamos o segundo gol no finalzinho do primeiro tempo. Isso foi um baque muito forte, porque a equipe estava se recuperando do gol tomado, a equipe estava organizada - lamentou o treinador.

O elenco do Bahia também fez coro ao técnico Jorginho. Para o volante Juninho, o time tricolor pecou nas chances desperdiçadas, além da desatenção no lances de gol do Santos.

- Tivemos algumas desatenções. Começamos o jogo bem, mas tivemos desatenções que acabaram nos prejudicando no primeiro tempo. Tivemos chances, mas não fizemos no segundo tempo. Isso acaba nos prejudicando - contou o jogador à Rádio Metrópole.

O Bahia volta a jogar no próximo domingo, quando recebe o Sport na Arena Fonte Nova, pela 17ª rodada do Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos