Com Hernanes de olho, Gomez tenta provar que merece ficar no time do SP

  • Renato Padilha/Mafalda Press/Estadão Conteúdo

Jonatan Gomez deve fazer nesta segunda-feira, contra o Grêmio, o seu quinto jogo pelo São Paulo. Mas já bastante pressionado. Presente no Morumbi, certamente saudado pelos torcedores que o virem, estará de olho na partida a principal ameaça à sequência do argentino: Hernanes.

Gomez é o principal candidato a perder vaga para o ídolo que a diretoria repatriou da China, emprestado por um ano. O técnico Dorival Júnior crê que o recém-contratado camisa 15 pode atuar em qualquer função no meio-campo, mas Hernanes já avisou que prefere atuar perto da área e, diante dos outros concorrentes, é o camisa 33 argentino que está mais pressionado.

Cueva resgatou a disposição e mudou completamente seu status no clube, chegando a ser intensamente aplaudido pela torcida na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, na quarta-feira. Para completar a linha de armação, a vaga em que Wellington Nem está longe de convencer (machucado, deve ser substituído por Marcinho ou Lucas Fernandes nesta segunda) está sendo preparada para Marcos Guilherme, contratado a pedido de Dorival.

Mesmo que queira escalar Hernanes mais recuado, o técnico não deve mexer na elogiada dupla de volantes formada por Jucilei e Petros, raros casos próximos da unanimidade no Tricolor de 2017. Ou seja: a tendência é que sobre mesmo para Jonatan Gomez.

Comprado do Independiente Santa Fe, da Colômbia, por US$ 800 mil (R$ 2,6 milhões) no mês passado, Gomez tem 27 anos e assinou contrato até 2020. Por enquanto, vem se destacando pela raça, arrancando até aplausos com seus carrinhos, que ilustram a disposição para ajudar na marcação.

O meia argentino vem sendo escalado pela esquerda, mas se mexe bastante e, na quarta, chegou a atuar do outro lado. Porém, ainda não tem sido efetivo, já que não deu assistências nem balançou as redes pelo clube. Ao menos, mostrou importância na marcação contra o Vasco: deu quatro desarmes certos, sendo o líder no quesito do time, embora tenha levado seu primeiro cartão.

Jonatan Gomez já jogou na quarta-feira sob a sombra de Hernanes, anunciado horas antes. E a tendência é que ela só cresça, já que o Profeta começa a treinar no CT da Barra Funda nesta semana. Contra o Grêmio, dono de uma das melhores campanhas do Campeonato Brasileiro, o argentino tem a grande chance de, ao menos, colocar dúvidas na cabeça de Dorival.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos