Você decide: Quem deve formar dupla de zaga com Anderson Martins?

Por mais de dez rodadas neste Campeonato Brasileiro, o Vasco sofreu com o fato de ser a defesa mais vazada (hoje, após 16 rodadas, Vitória e Atlético-GO que ocupam a lanterna do quesito com 29 gols sofridos cada). A chegada de Anderson Martins ao Cruz-Maltino, tão esperada pelos torcedores, tende a resolver este problema na equipe comandada por Milton Mendes. Mas fica aberta a questão: quem será o companheiro dele? Pensando nisso, o LANCE! abriu enquete (vote no fim desta página) e destrincha os prós e contras que as seis opções possuem. Nesta quarta o L! publicará o resultado em suas mídias.

 

PAULÃO

Contratado pelo Vasco em empréstimo do Internacional até o fim da temporada, era o soberano da posição até a chegada de Anderson Martins. Nos últimos jogos, entretanto, vem falhando em lances decisivos para que o Cruz-Maltino sofra os gols. A disposição para ajudar a equipe em campo é um dos seus principais pontos positivos, não desistindo das jogadas mesmo que se mostrem "impossíveis" de serem revertidas - também se destaca quando tenta cabecear em lances de cruzamento na área. A falta de atenção, por outro lado, prejudica os companheiros e a estratégia que vem sendo seguida. Tendência é que foque mais nestes atributos ao longo das atividades na busca das correções e, consequentemente, não perder espaço na equipe no Brasileiro.

 

RAFAEL MARQUES

Há mais de um ano no Vasco, até o segundo trimestre deste ano figurou em maior parte dos jogos no banco de reservas. A dupla titular, então formada por Luan e Rodrigo, era unânime entre torcedores, comissão técnica e diretoria, o que fazia receber chances somente quando algum dos dois acabava ficando impossibilitado de entrar em campo. Com a saída de Luan, foi a primeira opção de Milton, mas se machucou, dando espaço para Breno. Voltou para a posição com lesão do próprio Breno. Tem como características importantes o passe e a facilidade em adaptação ao estilo de jogo proposto na estratégia do comandante. Como contras, deixa buracos no campo quando sai com a bola nas tentativas mais ofensivas. Também podia melhorar em lances aéreos.

 

BRENO

Mais um que foi contratado pelo Vasco para o Brasileiro, em empréstimo oriundo do São Paulo. Se machucou e perdeu espaço na equipe. Tem como característica a força no pé, ganhando elogios de Milton Mendes ao longo dos treinamentos. Peca um pouco na confiança em campo, já que rotineiramente recebe críticas dos torcedores, principalmente nas redes sociais. Vem fazendo um trabalho de recuperação com a comissão técnica cruz-maltina para ficar em alto nível rapidamente, dando um maior leque para a versatilidade defensiva desejada pelo treinador no segundo semestre. Ao lado de Rafael Marques, larga na frente nas visões do técnico nesta disputa, com a decisão final podendo sair nos próximos jogos com testes antes da estreia do Anderson.

 

JOMAR

É o mais experiente de Vasco dentre as opções que Milton Mendes tem para formar dupla com Anderson Martins na zaga titular (mesmo novo, tem 24 anos). Está em São Januário desde 2011. Apesar de todo este tempo, não é unanimidade na equipe. Em parte das vezes que recebeu chances entre os titulares cruz-maltinos, erros marcaram negativamente a sua imagem junto aos torcedores - como na estreia neste Brasileiro, quando cometeu três erros cruciais que culminaram na goleada sofrida pela equipe diante do Palmeiras. Deve permanecer como uma das opções no elenco para compor no banco de reservas, ganhando chances em ocasiões esporádicas neste segundo semestre.

 

RICARDO GRAÇA

Cria das categorias de base do Vasco, é um nome que vem sendo pedido pelos torcedores para ser integrado de vez ao profissional. Veloz, tem como marcante característica a marcação, além de ter uma boa saída de bola. Destaque dos juniores, é observado de perto por Milton Mendes, que pode vir a dar chance a ele na equipe adulta ainda neste Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino, com um maior aproveitamento dos nomes da base sendo prometido e valorizado pelos envolvidos, carrega-se a expectativa de que ele nas próximas semanas enfim seja integrado. Quando o calendário com o sub-20 não bate, vale lembrar, o jogador treinou algumas vezes com os adultos em São Januário.

 

LUCAS ROCHA

Ainda não foi utilizado pelo técnico Milton Mendes. Chegou ao Vasco também para o Brasileiro em empréstimo do Boavista. Deu azar, já que em um treino em São januário acabou se lesionando gravemente - o técnico Milton Mendes, na época, citou que o defensor chegou a precisar de 13 pontos no local da lesão. Os torcedores cruz-maltinos esperam pela primeira aparição dele na equipe neste Brasileiro para uma melhor avaliação sobre as suas qualidades e defeitos como jogador. Atualmente, se dá para avaliar somente pelas atuações no time anterior, quando se destacava pela garra e determinação em campo.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos