ATUAÇÕES: Henrique Dourado e Júlio César são os melhores do Fluminense

O Fluminense voltou a vencer a Universidad de Quito: 2 a 1. Nem mesmo a altitude foi capaz de causar transtornos aos comandados de Abel Braga nesta quarta-feira. Os destaques foram o goleiro Júlio César, que esteve firme e fez boas defesas, além de Henrique Dourado, com um gol marcado. Confira, a seguir, as notas do LANCE! para jogadores e técnicos.

FLUMINENSE

7,0

Júlio César

Não teve reação no gol sofrido, mas fez duas boas defesas no primeiro tempo que evitaram uma - improvável - reação dos equatorianos.

6,0

Mateus Norton

Quase não foi exigido, assim como todo a equipe. Time adversário apresentou pouco perigo e o volante improvisado na direita foi bem.

6,0

Frazan

Não teve muito trabalho e mostrou segurança no segundo tempo. Mesmo com a volta de Renato Chaves, deve continuar no time titular.

6,0

Henrique

Com o jogo já liquidado, Abel testou formação com três zagueiros e Henrique organizando a saída de bola. Também não foi exigido.

5,5

Léo

Pela primeira vez saiu um gol de um lateral (curto) cobrado por ele. Saiu no fim para entrada de Marlon e está suspenso no domingo.

6,0

Orejuela

Trocou passes curtos no meio e fez o tempo passar. Conhece as dificuldades de atuar na altitude e se manteve tranquilo em campo.

6,5

Marlon Freitas

Errou passes fáceis no meio de campo, mas fez seu primeiro gol pelo profissional. Depois, se soltou e arriscou jogadas mais difíceis.

5,0

Wendel

Apagado no primeiro tempo, não teve grande atuação. Mas, só pelo golaço que fez no Maracanã, tem crédito. Foi substituído no segundo tempo.

5,5

Marcos Júnior

Correu, tentou e cruzou na medida para Henrique, que resultou no gol de Dourado. Saiu no intervalo por opção de Abel Braga.

5,5

Richarlison

Fez algumas jogadas displicentes e errou alguns passes. Mas fez a correria de sempre na frente, ajudando na marcação. Quase fez um golaço no fim.

7,0

Henrique Dourado

Falhou feio na marcação no gol sofrido, mas se redimiu com o gol que deu tranquilidade ao Fluminense. Fez seu quarto gol na Sul-Americana.

6,5

Renato Chaves

Voltou ao time após período parado por lesão e, pela primeira vez no Fluminense, atuou com outros dois zagueiros. Não teve problemas.

6,0

Calazans

Acertou chute forte da entrada da área e quase fez seu primeiro gol no profissional. Ainda deixou Renato Chaves na cara do gol. Entrou e deu gás.

5,5

Marlon

Fez sua estreia e foi tímido nos quase 20 minutos em campo. Jogo já estava liquidado e o lateral não quis ousar. Jogou na segurança.

7,5

Abel Braga

Fez bem ao poupar Scarpa e, com jogo morto, testou três zagueiros. Conseguiu a primeira vitória tricolor acima de 2.000m de altitude.

UNIVERSIDAD CATÓLICA-EQU

?

4,0

Galíndez

Espalmou bola na pequena área no 1º gol e aceitou chutefraco no 2º. Também foi mal no Maracanã.

5,5

Meneses

Até que foi bem na marcação cerrada em Richarlison.

5,0

Oñate

Deixou muitos espaços na área e deu liberdade para Dourado jogar.

5,0

Godoy

Mesmo nível. Errou tanto no Maracanã que nem precisou errar nesta quarta.

4,5

Prado

Não incomodou o inexperiente Norton e foi substituído.

5,0

Gastón Gil

Levou amarelo e deixou espaço para Marlon Freitas marcar o gol.

5,5

León

Também levou cartão e quase não chegou ao ataque nos 90 minutos.

6,0

Defederico

Até ameaçou nos primeiros lances, mas não acertou muito.

6,0

Ibarra

Incomodou no primeiro tempo e teve chance de marcar.

6,0

López

Também teve boas arrancadas no início, mas depois não fez mais nada em campo.

6,5

Cifuentes

Artilheiro da Sul-Americana, fez o gol e incomodou a defesa.

5,0

Jordy Caicedo

Entrou e não fez nada para mudar a partida em 25 minutos.

5,0

Lucas

Teve dez minutos em campo, com o placar já liquidado

4,0

Gustavo Díaz

Não teve esquema tático no Maracanã nem no Equador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos