São Paulo se reúne para renovar com Renan e admite volta de Centurión

O diretor executivo de futebol do São Paulo, Vinicius Pinotti, se reuniu na manhã desta quarta-feira com empresários de Renan Ribeiro para renovar o contrato do goleiro, que se encerra em maio. E já admite a possibilidade de Centurión voltar ao clube.

- O Boca realmente desistiu do negócio e trabalhamos nesse caso. Ele está de férias. O Centurión segue sendo atleta nosso. Conforme for, volta para o São Paulo sem problema algum. Não temos muito o que falar disso, vamos trabalhar o mais quieto possível. Se voltar, vai render porque é um grande jogador. Só precisa ajustar o extracampo - afirmou.

O São Paulo detém 70% dos direitos econômicos de Centurión, com quem tem contrato até 2019. O atacante tinha sido vendido ao Genoa por 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12,7 milhões) e fez exames na Itália na quinta. Na sexta, embarcou para a Argentina porque o Boca Juniors superou a proposta italiana oferecendo US$ 4,2 milhões (aproximadamente R$ 13,2 milhões). Mas, na madrugada de sábado, o jogador se envolveu em confusão em balada em Buenos Aires e o clube da Bombonera desistiu da negociação.

- Não vou dizer se fiquei chateado com o Boca. Eu trabalhava com emoção na arquibancada. Aqui é negócio, gestão profissional. Não tem problema algum. O Centurión não teve férias, emendou temporadas. Retorna ao São Paulo em 15 dias - disse Pinotti que, antes de ser diretor, em 2015, ajudou o Tricolor a adquirir o argentino por R$ 13 milhões em 2015 - sua passagem pelo Morumbi teve 81 jogos, oito gols e nove assistências até ser emprestado ao Boca, há um ano.

Em relação a Renan Ribeiro, Pinotti reforçou que não procurou e nem deseja procurar outro goleiro, embora o empresário Julio Fressati tenha levado ao Corinthians há duas semanas uma oferta são-paulina por Walter, reserva de Cássio.

- Nunca houve tentativa de contratar outro goleiro. Nós nos reunimos com empresário do goleiro hoje (quarta-feira) de manhã e o nosso interesse é renovar. O Renan é o nosso goleiro - assegurou o diretor de futebol.

Confira outros temas abordados por Vinicius Pinotti em sua entrevista coletiva nesta quarta-feira:

Leco admite interesse e Pinotti nega ofertas

Citaram ao presidente grandes jogadores e sempre teremos interesse em grandes jogadores. Mas o São Paulo não trabalha sem consultar os clubes. Não fizemos proposta, mas falamos em nomes toda hora, para agora e para 2018. O presidente quis dizer que esses nomes foram falados, mas não houve proposta. Quando queremos o jogador, procuramos o clube e vemos se é bom para todos. Queremos bons jogadores, mas não tem nada concreto com nenhum dos nomes falados.

Novos reforços

Não vou dizer que encerrou. Tentamos planejar já 2018. Algumas situações que ocorreram e podem ocorrer é para curto ou médio prazo. Não fecho as portas nem cravo que chega alguém amanhã. Estamos olhando mercado e mantendo trabalho. Dá impressão que estou aqui há cinco anos, mas são dois meses. O clube precisa sempre estar de olho para não acontecer o que aconteceu na janela agora, queremos estar preparados.

Jucilei, emprestado pelo Shandong Luneng até dezembro

Jucilei é um jogador caro, é difícil negociar com quem não vender, que são os chineses. É um negócio complexo. Está no nosso radar, queremos o jogador e já falamos com seu empresário, mas é uma situação bem complexa.

Gilberto e Denis têm contrato até dezembro

Já conversamos com empresário do Gilberto e com o Denis devemos conversar na semana que vem. São duas partes, e é necessário que as duas queiram. Vamos identificar, definir no planejamento. São muitas variáveis para dizer se ficam ou não.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos