ATUAÇÕES: Diogo Barbosa aproveita falha da zaga do Palmeiras e decide

Foi um jogo igual. E a igualdade premiou o Cruzeiro, que eliminou o Palmeiras com o empate em 1 a 1, em Minas, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Keno destacou-se no Verdão ao sair do banco e abriu o placar, enquanto que Diogo Barbosa foi bem ao aproveitar uma falha da zaga no empate.

PALMEIRAS

5,5

Jailson

Segue com uma derrota em 31 jogos pelo Palmeiras, mas eliminado. Até o gol - em que não teve culpa -, não havia sido muito exigido.

5,5

Jean

Apresentou-se bastante para o jogo, sendo boa opção ofensiva. Teve alguma dificuldade para conter Diogo Barbosa e Alisson.

5,0

Mina

Estabanado em alguns lances e fora de posição em outros, não se entendeu com Dracena no lance do gol de Diogo Barbosa.

5,0

Edu Dracena

Vinha tendo atuação segura, com boas rebatidas por baixo e pelo alto, até perder pelo alto para Diogo Barbosa no lance do gol cruzeirense.

4,5

Egídio

Foi bem no primeiro tempo, mas caiu no segundo. Levou amarelo, continuou fazendo faltas e perdeu contra-ataque que mataria o jogo.

6,0

Thiago Santos

Teve função exclusivamente defensiva na partida. Plantou-se à frente da zaga e vigiou Thiago Neves de perto.

6,0

Felipe Melo

Acertou mais do que errou na saída de bola e foi muito bem para ganhar a primeira bola pelo alto, mas saiu no início do segundo tempo.

4,5

Guerra

De volta ao time, entregou muito menos do que pode e foi substituído no intervalo. Perdeu muitas bolas e cometeu erros bobos.

6,0

Róger Guedes

Poderia ter feito mais jogadas de fundo, seu ponto mais forte, mas ainda assim foi boa opção ofensiva e deu trabalho pela direita.

6,0

Dudu

Doou-se até mais que o habitual para ajudar a marcar e buscou bastante o jogo, mas recebeu a bola sempre longe do gol. Substituído após o 1 a 0.

5,5

Borja

Não teve nenhuma oportunidade para marcar. Saiu muito da área, mas não foi efetivo quando teve a bola, exceto por um contra-ataque no fim.

7,0

Keno

Sua (enorme) velocidade fez o time melhorar e incomodar muito mais o Cruzeiro. Foi premiado com o gol.

6,5

Raphael Veiga

Entrou ligado, buscando jogo, e aumentou o poder de fogo do time. Assustou em um chute de longe e bateu o escanteio do gol de Keno.

5,0

Tchê Tchê

Entrou para cumprir função defensiva após o gol de Keno. Não comprometeu, mas a equipe acabou atraindo o Cruzeiro.

5,5

Téc: Cuca

Escalou um meio forte e segurou o Cruzeiro. Foi soltando o time e conseguiu abrir o placar, mas aí recuou demais e perdeu a vaga.

CRUZEIRO

5,5

Fábio

Não estava trabalhando muito e teve azar no gol marcado pelo Palmeiras.

5,0

Lucas Romero

Desviou para o próprio gol chute despretensioso de Keno.

6,0

Léo

Marcação na zaga foi sólida,sem comprometimentos. Gol do Verdão foi azar.

6,0

Murilo

Fez bem a neutralização do forte lado direito do ataque palmeirense.

7,5

Diogo Barbosa

Muito bem na marcação de Róger Guedes. Empatou o jogo e classificou o time.

6,0

Ariel Cabral

Teve algumas disputas no meio-campo e foi bem na saída de bola.

6,0

Henrique

Palmeiras criou pouco pelo meio, ocupou muito bem os espaços.

5,5

Élber

Caiu bastante de produção no segundo tempo e foi substituído cedo.

5,5

Thiago Neves

Começou muito bem, criou boas jogadas, mas caiu com o time.

7,0

Alisson

Foi a mais perigosa opção de ataque do time mineiro e deu assistência para o gol de empate.

5,5

Rafael Sóbis

Outro que teve um bom início e não manteve o nível de jogo.

5,0

Arrascaeta

Entrou, brigou, levou amarelo e pouco ajudou no resultado.

6,0

Raniel

Entrou para a correria e foi um desafogo nos minutos finais do jogo.

-

Lucas Silva

Entrou no fim. Sem nota.

6,0

Téc: Mano Menezes

Soube neutralizar os pontos fortes do rival e time estava preparado para ir atrás do empate.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos