'Barcelona precisa do Neymar, mas decisão final é dele', diz Bartomeu

O Barcelona não quer negociar Neymar com o PSG, exigindo o pagamento da multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 815 milhões). E também não vai alterar o contrato do jogador, que foi renovado em outubro do ano passado até 2021, já com grande valorização salarial. Desta forma, o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, afirmou que não pode obrigá-lo a ficar, jogando a responsabilidade para cima do brasileiro.

- Bem, você sabe, o Neymar é um dos nossos melhores jogadores, e não queremos perder este jogador. Nós queremos que ele continue conosco. Ele tem quatro anos de contrato, então não há mais o que dizer. Você sabe que os jogadores decidem se eles querem sair, eles podem decidir. Mas pelo lado do Barcelona, nós queremos ele, e nós precisamos dele. Se queremos vencer, precisamos dos melhores jogadores possíveis - afirmou o presidente, em entrevista ao "New York Times".

Neymar ainda não decidiu se permanece no Barcelona ou se muda para Paris. Sabe-se que ele ganhará praticamente o dobro no PSG, passando de 15 milhões de euros para 30 milhões de euros (R$ 110 milhões), livre de impostos. A bola, agora, está com o atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos