De férias no São Paulo, Centurión vai à Itália e retoma negócio com Genoa

Centurión está de volta à Europa na tentativa de retomar negociações com o Genoa. O atacante tem mais duas semanas de férias dadas pelo São Paulo e sua expectativa é que convença os italianos a contratá-lo logo depois de ele mesmo desistir da transação para ir ao Boca Juniors, na semana passada.

O jornalista italiano Gianluca Di Marzio registrou a chegada do argentino durante a tarde desta quinta-feira, no horário de Brasília. O jogador e seu representante, Alejandro Mazzoni, têm esperança de que sua ida ao Genoa, enfim, se confirme.

Um dos entraves do novo acordo é a possibilidade de o Genoa oferecer menos do que os 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12,7 milhões), mais 10% do lucro em uma venda futura, que propôs por Centurión até semana passada, quando ele chegou a fazer exames no clube antes de desistir do negócio para ir ao Boca Juniors.

O São Paulo, dono de 70% dos direitos econômicos do atacante, já disse que pretende lucrar com o jogador, comprado por cerca de R$ 13 milhões em 2015 com a ajuda de Vinicius Pinotti, hoje diretor executivo de futebol do Tricolor. Um recuo no valor oferecido pelos italianos pode não ser interessante.

Oficialmente, Pinotti declarou que Centurión tem mais duas semanas de férias e não se descarta a possibilidade de ele voltar ao São Paulo. Na prática, porém, a diretoria não conta com o jogador e espera que ele defina seu destino antes do período de descanso concedido após o fim de um ano de empréstimo ao Boca Juniors.

Centurión já jogou no Genoa, emprestado pelo Racing, da Argentina, entre 2013 e 2014. Mas, logicamente, o clube não gostou da postura do jogador, que fez exames na Itália na quinta passada e, na sexta, embarcou para a Argentina porque o Boca Juniors ofereceu US$ 4,2 milhões (aproximadamente R$ 13,2 milhões) e Centurión preferia a Bombonera. Em menos de 24h em Buenos Aires, ele se envolveu em confusão em balada e o Boca desistiu de comprá-lo.

De acordo com o jornal argentino Olé, o Lanús, da Argentina, queria o empréstimo de seis meses de Centurión, mas o empresário do atacante nem abriu negociação. Além disso, o São Paulo já deixou claro que não aceita emprestar o jogador novamente porque o desejo é de lucro com sua venda.

Centurión tem 24 anos de idade e contrato com o São Paulo até 2019. Sua passagem pelo Morumbi teve 81 jogos, oito gols e nove assistências até ser emprestado ao Boca, há um ano, sem deixar saudades.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos