Ex-lateral do Botafogo, Palmeiras e Seleção, Perivaldo morre aos 64 anos

Uma das figuras mais emblemáticas do futebol brasileiro pendurou as chuteiras na Terra nesta quinta-feira. Lateral-direito que se destacou no Botafogo e teve trajetórias por clubes como Palmeiras, São Paulo, Bangu e Seleção Brasileira, Perivaldo morreu aos 64 anos, devido a uma pneumonia, em um hospital na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O ex-jogador estava internado há uma semana com problemas pulmonares. Com a saúde bastante debilitada, Perivaldo não reagiu aos medicamentos e faleceu nesta quinta.

Nascido em Itabuna, o lateral iniciou sua trajetória no futebol no clube do interior baiano. Porém, anos depois, despontou de vez para o cenário nacional, ao se destacar em um Botafogo que tinha nomes como Mendonça, Dé e Paulo Cesar Caju.

Os bons jogos e os gols marcados com a camisa do Alvinegro o levaram a atuar pela Seleção Brasileira. À época, "Peri da Pituba" disputava vaga com Leandro e Edevaldo aos olhos de Telê Santana.

Além do Botafogo, Perivaldo teve passagens pelo São Paulo, Palmeiras, Bangu, foi campeão baiano pelo Bahia e encerrou sua carreira no Yukong Elephants (COR). Após pendurar as chuteiras, Perivaldo passou por um forte drama.

O ex-jogador, que caíra no ostracismo, foi encontrado pela reportagem do programa "Fantástico", da Rede Globo, trabalhando como morador de rua em Lisboa (POR) em 2013. No ano seguinte, voltou ao Brasil e, nos últimos anos, teve um emprego no Sindicato dos Atletas de Futebol do Rio de Janeiro (Saferj).

O "Peri da Pituba", que declarou à época ter ganho uma "chance da vida", morou em seus últimos anos em uma casa no bairro da Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos