Guardiola elogia Ederson: 'Em pouco tempo estará na Seleção Brasileira'

A goleada sobre o Real Madrid na madrugada desta quinta-feira por 4 a 1, pela International Champions Cup, deu um pouco mais de tranquilidade para o Manchester City. O técnico Pep Guardiola respirou um pouco mais aliviado, uma vez que perdeu por 2 a 0 para o Manchester United na estreia do torneio amistoso.

Quem também pode respirar um pouco mais aliviado é o goleiro Ederson, que foi bem na goleada sobre os espanhóis. O brasileiro foi muito elogiado por Guardiola logo após a partida, disputada em Los Angeles, nos Estados Unidos.

- Foi uma partida muito importante para ele. Todos conhecíamos a sua qualidade, mas quando você chega em um novo clube e tem uma atuação como essa, isso ajuda muito. Ederson é jovem, e é uma questão de tempo até que esteja na Seleção Brasileira, o que não é pouca coisa. Ele fez ótimas defesas, e mostrou reflexo e agilidade, além de uma ótima capacidade de ler as situações de jogo - afirmou o comandante.

Guardiola avaliou o jogo com o Real Madrid. Para ele, a forma com que o Manchester City atuou valeu mais que a vitória.

- Ainda estamos na pré-temporada. Da mesma forma que no jogo contra Manchester United, que nós perdemos, também tiramos boas coisas desse contra o Real Madrid. É claro que, para a nossa confiança, a vitória fez muito bem, porque os jogadores atuaram com muita intensidade e em um nível muito alto. Eu sempre digo que temos que poder competir contra qualquer um. Esse é o meu sonho: sermos mais estáveis e mais sólidos, e as novas contratações nos ajudarão muito nisso. O resultado não tem nenhuma importância, mas sim a forma como nós jogamos. Esta é a maior importância para o nosso futuro - comentou.

O treinador ainda fez questão de elogiar o meia Yaya Touré, que já teve problemas com o treinador na época do Barcelona. O marfinense foi o único a renovar com o City para esta temporada.

- Yayá, eu já disse isso antes, tem uma grande personalidade, e ama jogar futebol. Eu adoro treinar caras que gostam de jogar futebol. Nós damos a bola a eles e eles se divertem. Por isso ele foi tão bem contra jogadores como Isco, Modric e Kovacic. Eles têm tanta qualidade que é difícil tirar a bola deles, é quase um milagre eles perderem o domínio da bola - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos