Pratto vê São Paulo melhor com Dorival e celebra estreia de Hernanes

O São Paulo melhorou com a chegada do técnico Dorival Júnior e está no caminho certo na luta contra o rebaixamento. Essa é a opinião do atacante e capitão Lucas Pratto, que concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira. Para Pratto, Dorival conseguiu melhorar aspectos importantes no time mesmo com pouco tempo de trabalho.

- Mais do que no caminho certo, o trabalho está sendo muito bom. O time está conseguindo melhorar em muitos aspectos táticos e emocional, onde tínhamos muitos problemas. Todo mundo sabe que tecnicamente não fizemos um grande jogo segunda, mas nunca desistimos. E fomos buscar o empate. E por mais que Grêmio teve mais jogadas, a gente poderia ter ganhado o jogo no último lance. Sabemos que ele tem pouco tempo de trabalho, tem jogadores que precisam descansar. Mas a postura, ideia, o sistema que ele quer, estamos conseguindo. Claro que ainda temos muito o que melhorar, sobretudo no ataque, temos de aproximar, mas o time melhorou - analisou o camisa 14.

Pratto também se animou com a reestreia de Hernanes. Dorival já confirmou que o meia atuará contra o Botafogo no próximo sábado no Rio de Janeiro. Segundo o argentino, melhora em tudo.

- Melhora em todos os aspectos. Emocional, experiência. E as coisas que todos sabem, do jogador que ele é. Que jogou em time grande, ganhou tudo aqui. É muito importante para todos. Fico muito feliz por ser um jogador que chegou - afirmou.

O atacante ainda vê o jogo de sábado como chave para o time sair da zona do rebaixamento. O Tricolor tem 16 pontos e ocupa a 18ª colocação no Campeonato Brasileiro. Confira abaixo outros trechos da entrevista do argentino:

Desempenho fora de casa - apenas um empate

É o jogo de visitante mais importante até agora. Ainda não conseguimos vencer assim. Para qualquer time é ruim isso. Mas para São Paulo ainda pior. Um time muito grande, que ainda não conseguiu sair fora. Temos de superar essa condição, enfrentar um time que vem com confiança, por avançar na Copa do Brasil contra um time também muito grande. Temos de ter uma postura muito diferente do que tinha antes. Talvez seja um jogo chave para terminar o primeiro turno mais tranquilo e fora da zona do rebaixamento.

Botafogo

Assisti um jogo deles, sobretudo o de ontem. Eles vão jogar em casa e vão precisar buscar a vitória. Por mais que sejam organizados, deixam mais espaços em casa do que como visitante. Eles deixam algumas brechas pelas laterais, sobretudo o lado esquerdo que sofreu ontem. A maioria das melhores jogadas do Atlético-MG começou pelo lado esquerdo deles. Dá para infiltrar boas bolas na defesa. Mas temos de manter essa postura, porque taticamente melhoramos muito.

Mais sobre jogar fora de casa

Tivemos jogos bons fora de casa, mas não conseguimos. Mesmo com Chapecoense, com Dorival. Fizemos um jogo correto até o gol deles. Depois não conseguimos reagir. Agora com Grêmio conseguimos buscar. Emocionalmente melhoramos muito. Uma das coisas que não tínhamos era isso. Temos de melhorar isso e ser mais eficazes. As finalizações tinham de ser mais certas, temos de ter mais.

Dorival manter o time

Ele tem mantido a base, é importante para conhecer os jogadores. Que ele não conhece. Ele está dando oportunidade para todo mundo. Os treinos estão sendo importantes para ver quem está pronto para jogar. E também é importante ele manter uma boa, porque a maioria dos times mantêm. Porque se você não faz isso é muito difícil que você tenha uma boa quantidade de resultados.

O que precisa melhorar no ataque?

Precisamos ficar mais perto. Que os jogadores, quando eu estiver na área, também fiquem perto do gol, dentro da área. O nosso gol contra o Grêmio tinha três, quatro jogadores na área. Eu consegui finalizar, e o importante é ter jogador para pegar o rebote, e graças a Deus estava Lucas. E o treinador tem consciência disso, e ontem mesmo fizemos um trabalho de aproximação e finalização

Time melhorou no emocional?

Nos dois últimos jogos em casa mostramos que queremos ganhar o jogo. Independentemente se vai jogar bem ou mal, procura ser agressivo com os rivais. Todo mundo viu isso. Como falei antes, tecnicamente a gente tem de melhorar muito. A nível individual. Mas o que não pode faltar é isso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos