Mbappé pode custar aos cofres do Real Madrid mais de R$ 790 milhões

O Real Madrid está disposto a bater o recorde de transferências ao pagar 180 milhões de euros (R$ 665 milhões) para ter o jovem Mbappé, de 18 anos, que pertence ao Monaco. No entanto, segundo o "L'Équipe", a transferência pode chegar até 214,2 milhões de euros (R$ 791,2 milhões), uma vez que a Justiça espanhola vai requerer uma taxa de 19% de impostos sobre o valor.

Para a lei tributária na Espanha, o Principado de Mônaco é considerado um paraíso fiscal e, desta forma, há uma taxa distinta que tenha o local como destino do dinheiro.

O Monaco faz jogo duro por sua joia e definiu o preço de 180 milhões de euros como valor final para a transferência. O Real já havia concordado em pagar o montante e desembolsaria 160 milhões de euros (R$ 591 milhões) no ato da transferência, além de mais 20 milhões de euros (R$ 74 milhões) por metas alcançadas pelo jogador no clube merengue.

Para cumprir com o valor pedido pelo Monaco, o Real teria que pagar ainda 34,2 milhões de euros (R$ 126,3 milhões) à Fazenda espanhola, por conta da taxa de 19%.

Para completar, o Bondy, um dos clubes formadores de Mbappé, teria direito a 1,4 milhão de euros (R$ 5,2 milhões). Como o Monaco não deve abrir mão do montante mínimo exigido, caberia ao Real pagar esse valor ao pequeno clube francês, aumentando os gastos para 215,6 milhões de euros (R$ 796,4 milhões).

Na última temporada, Mbappé foi um dos grandes destaques do Monaco, com 26 gols em 44 jogos. Ele ajudou a equipe do Principado a faturar o Campeonato Francês após longo jejum.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos