Três jogos sem gol? Jô luta para não igualar jejum e voltar à artilharia

  • Miguel Schincariol/Getty Images

Três jogos sem marcar é algo raro para Jô neste Brasileirão. O atacante do Corinthians, vice-artilheiro do campeonato com nove gols, teve esse "jejum" apenas um vez, contra São Paulo, Cruzeiro e Coritiba - da sexta até a oitava rodada.

Neste domingo, Jô pode igualar essa sequência caso não marque diante do Flamengo, a partir das 16h, na Arena Corinthians, pela 17ª rodada. O atacante vem de dois jogos sem balançar a rede no Brasileirão, contra Avaí e Fluminense.

O jogo contra o Flamengo também é uma oportunidade de Jô voltar à liderança do Brasileirão. Seus principais concorrentes pelo posto, Lucca e Henrique Dourado, não jogarão neste fim de semana, já que o duelo entre Ponte Preta e Fluminense foi adiado por conta da morte do filho de Abel Braga. O atacante da Macaca é o principal goleador do campeonato, com dez gols, e o centroavante do Flu tem os mesmos nove gols que Jô.

Em entrevista após marcar seus últimos gols até agora, diante do Atlético-PR, o atacante do Timão admitiu que sonha em ser o artilheiro do Brasileirão. Por outro lado, Jô também traçou outras metas.

"Todo atacante sonha com artilharia, e eu venho fazendo gols, é uma meta pessoal, mas não é o principal objetivo na minha vida. Os principais são buscar títulos e a Seleção Brasileira", disse Jô, que tem 30 anos, participou de 44 jogos na temporada e marcou 16 gols.

O Corinthians, aliás, nunca teve o principal goleador ao final do campeonato. Jô pode fazer ainda mais história no Timão...

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos