Dirigente do Fla rebate presidente do Botafogo e lateral do Corinthians

O diretor executivo de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, rebateu declarações do presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira. Nesta segunda-feira, o mandatário alvinegro se encontrou com membros da comissão de arbitragem da CBF e disse, em entrevista, que o Rubro-Negro vem sendo 'sistematicamente favorecido pelas arbitragens'. Já o dirigente rubro-negro pediu responsabilidade.

- Para fazer qualquer tipo de ilação ou ironia, é preciso ter responsabilidade. O Flamengo é acusado pelos árbitros terem acertado. Exceto no episódio de ontem, em que o árbitro errou. Isso é algo inexplicável. Mas todas as outras seriam erros, que depois foram corrigidos. Vamos enfrentar uma grande equipe, um grande clube, pela história, o trabalho, eles vêm fazendo um grande trabalho de reestruturação, vai ser um grande confronto, um clássico nacional e também estadual - comentou o diretor.

Caetano também respondeu a uma pergunta sobre a declaração do lateral Guilherme Arana, do Corinthians, que sugeriu favorecimento ao Rubro-Negro após um erro da arbitragem no empate de 1 a 1, no último domingo.

- Ele é um jovem, mas tem que cuidar as palavras. Há um tempo, um dos nossos atletas disse algo nesse sentido de falar algo fora do tom e tem que cuidar disso. Querer rotular Flamengo como sendo favorecido não vou aceitar, porque gera indignação, de todos aqui. Parece que aqui ninguém trabalha. Ele (Arana) tem que respeitar todos, colegas dele - disse o dirigente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos