Giovanni deve ter sequência inédita no ano e minimiza críticas no Timão

Giovanni Augusto deve ter uma sequência inédita no Corinthians nesta temporada: participar de quatro jogos seguidos. O meia se diz preparado para a oportunidade na equipe.

Neste ano, Giovanni sofreu com duas lesões musculares na coxa direita, em fevereiro e março, e teve de operar o tornozelo esquerdo em abril. Recuperado em junho, o meia voltou a ganhar mais chances com Carille.

- Sempre procurei trabalhar nesse tempo em que não vinha tendo oportunidade. O professor Carille sempre me deixou tranquilo quanto a isso. Tenho certeza de que se ele optar por mim, estarei preparado para ajudar a equipe. Agora é descansar para que na quarta-feira a gente possa fazer um grande jogo contra o Atlético-MG e buscar os três pontos - afirmou Giovanni.

A nova sequência de Giovanni começou diante do Fluminense, quando cobrou o escanteio para Balbuena marcar o gol da vitória. Depois disso, entrou contra Patriotas (COL) e Flamengo, mas não conseguiu ter boas atuações. Após o empate com o Rubro-Negro, inclusive, ele recebeu críticas de parte da torcida na Arena Corinthians.

- Entendo o lado do torcedor. Mas é minoria, três ou quatro torcedores que querem tumultuar o ambiente. Essa não é a torcida do Corinthians, cresci vendo jogos do Corinthians e, nessa fase que a gente está, não consigo vê-los querendo atrapalhar o ambiente. Sei que é minoria. Apesar de ter 27 anos, sou experiente para lidar com esse tipo de coisa. É continuar trabalhando e se dedicando para que, quando a oportunidade aparecer, eu possa fazer bons jogos e dar a volta por cima - analisou Giovanni.

- Em nenhum momento eu reclamei, não falei nada, só olhei para o torcedor para saber quem era. Nós, jogadores, estamos acostumados com isso, estamos sujeitos, não dá para agradar a todo mundo. O importante é que é minoria. E a gente sempre conversa para não deixar as coisas de fora afetarem nosso grupo. Estamos fechados e as coisas estão acontecendo - completou o meia.

Giovanni deve voltar a ser titular do Corinthians porque Marquinhos Gabriel sentiu a coxa esquerda e deve ser desfalque contra o Atlético-MG. A tendência é que o técnico Fábio Carille esboce a escalação apenas na terça.

Antes desta série, Giovanni havia participado de três jogos oficiais seguidos do Corinthians: Brusque, Santos e Luverdense, ainda em março. Neste ano, o meia participou ao todo de 15 partidas, contando a pré-temporada, e ainda não marcou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos