Emocionado, Abel explica decisão: 'A gente cai muito e levanta sempre'

Antes da bola rolar na Ilha do Retiro, uma demonstração de solidariedade marcou a partida entre Sport e Fluminense. Ao entrar no gramado, Abel Braga, que perdeu seu filho mais novo, João Pedro, no sábado, foi ovacionado pelos torcedores do Leão e todos presentes no estádio. Depois, abraçado com Vanderlei Luxemburgo, ouviu o hino nacional no centro do gramado.

As homenagens emocionaram o comandante tricolor, que explicou a decisão de retomar às atividades, recusando o período de folga oferecido pelo clube.

- Vim tentar mostrar para as pessoas que não podemos perder para a vida. Temos que aproveitar a vida. A gente cai muito e levanta sempre. Essa homenagem, como tantas outras, tem me feito ter essa força que nem eu sei de onde tiro. É principalmente pela solidariedade. Essa é a palavra. Assim a gente vai - afirmou Abel, emocionado pelos aplausos da torcida do Sport:

- Não esperava isso. Participar do hino ao lado dos árbitros, de um colega como o Vanderlei. A homenagem da torcida do Sport me marcou - finalizou o técnico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos