Inquérito contra Teixeira, Marin, Del Nero e mais seis chega ao STF

  • Michael Regan/Getty Images

    Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, em imagem de julho de 2011

    Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, em imagem de julho de 2011

Já tramita no Supremo Tribunal Federal um inquérito para investigar denúncias de práticas criminosas envolvendo uma lista de nove dirigentes e ex-dirigentes ligados ao futebol, entre eles Ricardo Teixeira, José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. Os dois primeiros já ocuparam a presidência da Confederação Brasileira de Futebol, e o terceiro é o atual dono do cargo.

Além deles, o inquérito apura a conduta de mais seis pessoas, sendo elas Gustavo Feijó e Marcus Vicente, ambos vices da CBF, Carlos Eugenio Lopes, diretor jurídico da entidade, Antonio Osorio da Costa, ex-diretor financeiro da CBF, além de Kleber Leite e J. Hawilla, executivos das empresas Klefer e Traffic.

A lista de crimes a serem apurados tem, por exemplo, ações contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro, crimes eleitorais e estelionato. A ação é de autoria do Ministério Público Federal.

A investigação no STF é resultado do relatório da CPI do Futebol, cuja presidência foi do senador Romário. Além dele, o documento foi assinado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos