Milton confirma Wagner e Escudero, mas ainda tem dúvidas no Vasco

  • Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O técnico Milton Mendes ainda tem algumas dúvidas em relação a equipe do Vasco para o jogo contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira, em Volta Redonda, pelo Brasileirão. No treino desta quarta-feira, em Pinheiral, ele testou duas estratégias. O certo é que Wagner, recuperado de lesão na coxa, e Escudero, voltam ao time para cadenciar o meio-campo. Isso porque o treinador entente que a Raposa vai também sair para o ataque, dar espaços e o Cruz-Maltino vai precisar ter a bola.

"O Cruzeiro vem totalmente de outra forma. O Atlético-PR veio veio numa postura muito defensiva para não perder o jogo, arriscando uma bola. O Cruzeiro com o poderio que tem de jogadores com certeza virá numa postura diferente. Vão propor o jogo e isso vai nos dar chance de mostrar nosso futebol também, e dentro disso nos impor. Esse jogo será diferente, nós vamos precisar ter a bola, movimentar bem, buscar os espaços e não jogar com tanta velocidade. Até porque o Cruzeiro é uma equipe muito experiente, bem treinada pelo Mano Menezes e o jogo será difícil", comentou o treinador.

Milton ainda não decidiu qual forma vai entrar em campo. No meio-campo, Paulinho e Mateus Vital disputam uma vaga. Já no ataque, a vaga de referência está entre Paulo Vitor, que dá mais velocidade ao time, e Thalles, melhor nas jogadas aéreas.

"Com o Mateus nós teremos três meias, com o Paulinho teremos um meia/atacante. Se nós puxarmos o Paulo Vitor para o lado direito, nós teremos velocidade, mas não o corpo do meio-campo, que eu gosto que os dois homens fechem e deem equilíbrio para a equipe. Se nós tivermos o Paulo Vitor na frente como referência, nós teremos velocidade na bola entre os zagueiros, mas com o Thalles nós ganhamos na bola aérea. Eu vou tentar buscar o equilíbrio da melhor forma possível, mexer o menos possível e tentar colocar o que temos de melhor no momento para esse jogo", contou Milton Mendes.

Ramon apresentou melhora e treinou nesta quarta. No entanto, ele ainda sente um incômodo no músculo adutor da coxa esquerda e segue como dúvida para a partida.

"O Ramon treinou com alguma contenção, segurando um pouco. Ele se sente muito melhor, mas ainda tem incômodo. Mas ele treinou, porque temos uma ideia que o jogador tem que treinar para poder jogar. Não adianta ficar sem treinar e só ir para o jogo. Vamos ver até amanhã (quinta-feira) a evolução e se estiver bem possivelmente vai joga", afirmou Milton, destacando que Henrique será o substituto caso o lateral não tenha condições de atuar.

Outro que pode ser baixa é o volante Bruno Paulista. Milton contou que o jogador deixou o treinou com o tornozelo muito inchado e dificilmente vai conseguir atuar contra o time mineiro. Se ele não entrar, Wellington ficar com a vaga na equipe.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos