No Santa Cruz, Givanildo terá três desfalques para enfrentar o Juventude

Desde que chegou ao Santa Cruz, o técnico Givanildo Oliveira esteve à frente da equipe em sete jogos, mas não repetiu a formação do time em nenhum deles. Para enfrentar o Juventude, às 16h30 do próximo sábado, o treinador terá mais problemas para escalar a equipe titular.

Além do goleiro Julio Cesar, que foi expulso na derrota por 2 a 1 para o Paysandu, Derley e Bruno Silva receberam o terceiro cartão amarelo no mesmo jogo e serão desfalque na próxima rodada. Esses fatores não estão agradando Givanildo, que tem ficado sem opções.

- Os desfalques estão dificultando. No primeiro jogo, perdi Elicarlos, Roberto e Nininho. Neste jogo, perdemos João Paulo, Léo Lima, Jaime... o torcedor não quer saber se houve um desfalque aqui e outro ali. E eu concordo nesta parte. Se entrou, tem que corresponder. Mas é claro que atrapalha - afirmou o técnico coral.

O meia Léo Lima, citado pelo treinador, perdeu sua esposa na última segunda-feira. Nathália lutou contra um câncer no estômago durante dez meses e faleceu no Rio de Janeiro, para onde o jogador viajou assim que recebeu a notícia. A perda foi sentida pelo time, mas Giva afirmou que não interferiu o rendimento em campo.

- Claro que o grupo sente, eles são amigos. Mas não posso dizer que foi isso que atrapalhou, que perdemos o jogo por conta disso - finalizou.

Na 15ª colocação da Série B, o Santa Cruz precisa de uma reação para não ser puxado pela zona de rebaixamento. Com 23 pontos, o time pernambucano só se distancia do Luverdense, primeira equipe na zona da degola, por três pontos. Contra o Juventude, no sábado, o Tricolor precisará estar preparado para conquistar uma vitória fora de casa e recuperar a confiança da torcida.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos