Atenção o tempo todo: a lição do Botafogo para a temporada

Dois jogos em casa, duas derrotas. Não é possível que as partidas contra São Paulo e Palmeiras, nos últimos sábado e quarta-feira, não deixem lição para o Botafogo. Gols em série num jogo, gol no fim de outro... o Glorioso tenta digerir, mas precisará aprender, corrigir e evoluir para encarar o Nacional-URU, na quinta-feira. E ainda há o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, neste domingo, no Mineirão.

- A Lição é que a gente, já chamando atenção, temos que ficar ligados. Não deixei vocês assistirem o treino, mas só trabalhamos bolas paradas, e tomamos o primeiro gol assim. São coisas treináveis. Nem sempre tem o êxito. Ficamos tristes. Somos os grandes responsáveis. Não vamos jogar para debaixo do tapete - afirma, de olho no fim de semana:

- Temos o Cruzeiro, provavelmente com equipe alternativa. Fizemos um grande jogo contra o Corinthians, perdemos de 1 a 0 só, com equipe alternativa, e lá. O Atlético-MG acaba de perder por 2 a 0. Posso garantir que essas derrotas não vão interferir em nada, principalmente na nossa personalidade. Abater, não - garante Jair.

Na última terça-feira, o lateral-direito Luis Ricardo já havia dito que metas foram estabelecidas após o revés para o Tricolor Paulista. Após a derrota para o Verdão, ele revelou o que entende ser o mais importante.

- Acredito que temos que estar sempre focados, fazer jogo consistente do início ao fim - explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos