Deyverson brilha diante da família e brinca: 'Se não faz gol, morre de fome'

Nascido no Rio de Janeiro (RJ), Deyverson brilhou na volta à sua cidade, nessa quarta. Com dois gols em três jogos pelo Palmeiras, o atacante destacou-se diante da família. Seu irmão, Anderson Brum, estava no Engenhão e foi visto vibrando com o feito do camisa 16.

- Todo mundo sabe que eu saí novo para a Europa, fiquei cinco anos lá, e para me adaptar (ao Brasil) vai custar um pouco. Mas com o apoio de todo o grupo, do Palmeiras, do torcedor e da família, as coisas estão indo bem. É seguir trabalhando e adaptando ao Campeonato Brasileiro - resumiu o atacante.

Brum, irmão de Deyverson, é goleiro do Angra dos Reis. Ele, que visitou a concentração do Verdão na capital fluminense, deu uma entrevista ao LANCE! quando o centroavante fechou com o Palmeiras. Na ocasião, contou as dificuldades que a família passou durante a infância dos dois.

Deyverson fez seu segundo pelo Verdão depois de desperdiçar duas boas chances contra o Botafogo. O ex-atacante do Alavés brincou com a necessidade de manter a boa média.

- Centroavante vive de gol. Se a gente não fizer o gol, a gente morre de fome. Tive duas oportunidades, não saiu, mas o grupo me deu força, todos falaram para levantar a cabeça porque iria sair. Graças a Deus saiu - completou.

Depois do jogo, o camisa 16 recebeu elogios de Cuca, quem pediu sua contratação. Segundo o técnico, o jogador tem o perfil que o clube buscava para complementar Borja.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos