Após oferta, Rodriguinho diz que só 'algo muito surreal' o tira do Timão

Melhor em campo e autor de um golaço na vitória por 3 a 1 sobre o Sport, neste sábado, em Itaquera, o meia Rodriguinho disse que só "uma coisa muito surreal" poderia tirá-lo do Corinthians neste momento. O clube acaba de dizer "não" ao Lokomotiv Moscou (RUS), que havia preparado uma oferta por ele.

- Da forma que a gente está jogando, com a possibilidade do título, fazendo um ano tão bom, dificilmente eu sairia agora. A não ser que fosse uma coisa muito surreal, que não tivesse como nenhuma das duas partes negar - disse o jogador, autor de 11 gols em 38 jogos nesta temporada, que ele considera ser a melhor de sua carreira.

- O segundo semestre do ano passado foi muito bom e esse ano vem superando. Espero que isso possa evoluir cada vez mais. Estou ambientado aqui, com o time muito certinho, isso ajuda muito qualquer jogador - comentou.

A investida dos russos não foi a primeira rechaçada pela diretoria do Timão, que pretende manter todo o elenco até o fim de 2017. Em janeiro. o clube recusou uma oferta do Fenerbahce, da Turquia, pelo armador. Ele não ficou tão convicto na época, mas hoje diz que o arrependimento por ter ficado é zero.

- A gente atribui muitas coisas a Deus, porque a gente não sabe o que o futuro reserva, são decisões difíceis que você tem de tomar. Depois, pensando friamente, fiquei feliz, foi uma decisão acertada. Fiquei, consegui o título paulista, a equipe está muito bem no Brasileiro, eu jogando bem, cheguei na Seleção. Arrependimento zero de ter ficado - disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos