Carille fala em turno perfeito, mas dá recado no Timão: 'Não pode afrouxar'

O Corinthians encerrou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com 14 vitórias, cinco empates e nenhuma derrota. Os 47 pontos somados são um recorde histórico em turnos da competição disputada no atual formato e enchem o técnico Fábio Carille de orgulho. A questão é que ainda restam mais 19 partidas para disputar, e o comandante corintiano prefere conter a empolgação do grupo de jogadores antes das novas "finais" do Brasileirão.

- Temos que confirmar no segundo turmo. São 19 jogos, 57 pontos em disputa, não pode afrouxar. Mas se continuar com essa determinação e entrega não só nos jogos, mas no dia a dia, tem muita coisa boa a acontecer lá na frente. O que sei dizer é que cada jogo é uma decisão, sou muito ciente disso. Não fico falando de invencibilidade, porque o técnico se fala isso traz mais responsabilidade - relatou Carille, que notou e tentará corrigir problemas na equipe mesmo após a vitória por 3 a 1 para cima do Sport em Itaquera.

- Nós ganhamos, foi uma ótima vitória, mas senti o time preso na pressão, o Sport tem facilidade para trocar passes, eles ficaram muito com a bola. Senti minha equipe com a faísca um pouco atrasada, talvez pela sequência. Mas mesmo sem conseguir apertar marcação não sofremos tanto. Agora temos duas semanas em que temos que ser bastante inteligentes, vamos nos reunir, saber usar o que nos oferece o CT, academia, laboratório, para ter outra sequência bastante importante. É saber a dosagem, não dar treino demais e nem de menos.

Campeão paulista, líder do Brasileirão com pelo menos três rodadas de vantagem e à espera das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Corinthians segue acumulando marcas em 2017. Neste sábado a equipe fez seu jogo de número 50 no ano, com 31 vitórias, 17 empates e somente duas derrotas, ainda na primeira fase do Estadual. A equipe ostenta uma invencibilidade de 34 jogos, a segunda maior da história do clube, e segue impressionando seu treinador.

- É muito surpreendente, mas mostra valorização do trabalho, do grupo. Me sinto abençoado por ter o grupo que tenho na mão, os caras mostram e vão a campo e cumprem. Não só 11, ficamos sem alguns jogadores por um tempo e todos que entraram retribuíram. Estamos muito felizes e vamos continuar jogo a jogo - disse Carille, que fez um resumo do primeiro turno citando os jogos que mais lhe agradaram e também os que não foram tão bons assim...

- Nenhum jogo me desagradou, sinceramente. Posso falar do Avaí, mas o rendimento foi bom, Douglas foi bem, aqui contra o Atlético-PR teve um chute de longe com desvio. Não me apego a resultado, sim a desempenho. O primeiro turno foi perfeito, um dos três melhores jogos do ano contra o Atlético-MG. Gostei dos jogos contra Palmeiras e Grêmio, São Paulo também, nos colocando para buscar a vitória. Um primeiro turno maravilhoso e que temos que nos sentir orgulhosos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos