Nos pênaltis, Feyenoord conquista Supercopa da Holanda após 17 anos

O Feyenoord iniciou a temporada 2017/18 da melhor forma possível: com um título. Neste sábado, em jogo único contra o Vitesse pela Supercopa da Holanda, o time de Roterdã venceu por 4 a 2 nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal, e sagrou-se campeão no Estádio De Kuip, sua casa.

Campeão da Eredivisie (2016/17) após 18 anos, o Feyenoord contou com o zagueiro brasileiro Eric Botteghin durante os 90 minutos na decisão deste dia 5.

O placar do confronto foi inaugurado pelo Feyenoord logo aos sete minutos, com o meia Toornstra, mas, de pênalti, Buttner fez para o último campeão da Copa da Holanda, já na etapa complementar, e deixou tudo igual no marcador.

Por falar em penalidade máxima, o duelo foi para a decisão via marca da cal, depois do 1 a 1 enquanto a bola rolava. Aí deu Feyenoord. Os comandados de Gio van Bronckhorst, ex-lateral-esquerdo do Barcelona, marcaram as quatro cobranças que bateram, enquanto o Vitesse perdeu as duas primeiras.

Foi a terceira Supercopa da Holanda na história do Feyenoord, sendo que a última tinha sido conquistada na temporada 1999/2000.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos