Reservas do Botafogo terão mais uma chance de mostrar serviço a Jair

  • Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo enfrenta o Cruzeiro, neste domingo, com um time formado, majoritariamente, por reservas. Aliás, é provável que apenas o goleiro Gatito Fernández, dentre os habituais titulares, comece jogando contra a Raposa. Se por um lado Jair Ventura faz descansar os principais jogadores visando o duelo pela Copa Libertadores, quinta-feira, contra o Nacional-URU, por outro é mais uma chance para os reservas.

Além do goleiro paraguaio, que vive grande fase, o Glorioso deverá ter em campo Emerson, Marcelo, Emerson Silva e Gilson; Dudu Cearense, Valencia e Marcos Vinícius; Guilherme e Brenner. Talvez uma ou outra alteração. Mas são todos jogadores que já tiveram chance e, com exceção de Valencia e Brenner, todos já foram titular em algum momento deste ano ou do ano passado.

Na prática, porém, quando Jair optou por poupar os titulares o resultado não foi dos melhores. Meio time ficou fora da derrota contra o Corinthians, na casa do adversário, quando Gatito foi o grande nome da partida. Contra o Atlético-GO, empate com o lanterna, também fora de casa, com só um titular no gramado. O duelo desta rodada também é longe do Rio.

"Os jogadores querem mostrar para o treinador que têm condições de ser titulares, mas não podem esquecer o coletivo. Têm que mostrar para o treinador, mas coletivamente. Um jogo desse motiva quem não vem atuando. O time perde no entrosamento, mas ganha na motivação. É mais que o normal. Tem que ser de maneira organizada. Assim você pode ganhar valores individuais", entende Jair.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos