Courtois e Morata perdem pênalti, Arsenal bate rival e leva a Supercopa

A temporada 2017/18 na Inglaterra começou de forma animada: disputa por pênaltis para saber quem seria o campeão da Supercopa da Inglaterra, no Wembley. Os rivais londrinos Arsenal e Chelsea empataram em 1 a 1 no tempo normal, com gols de Kolasinac e Moses, e foram à marca da cal. Por lá, melhor para os Gunners, que venceram por 4 a 1.

Este foi o 15º título do Arsenal na história da competição, marcada por dar o pontapé inicial no calendário da Terra da Rainha. Fortes emoções ainda virão.

O JOGO

Com desenhos táticos símiles, as equipes foram equilibradas e criaram poucas chances de gol nos primeiros 45 minutos. No particular duelo das referências ofensivas, Lacazette superou Batshuayi e foi quem mais ofereceu perigo antes do intervalo. O matador ex-Lyon tocou com classe, já de dentro da área, mas viu a bola saudar a trave, alijando a bola e evitando o gol.

A primeira chegada perigosa dos Blues se deu por volta de 30 minutos, quando Moses fez ótima jogada pela direita, mas parou em Petr Cech. Pouco antes, Mertesacker teve que ser substituído após dividida aérea com Cahill, dando lugar a Kolasinac, que compôs o sistema defensivo de três zagueiros.

Se as torcidas não presenciaram gol na etapa inicial, tiveram que esperar apenas um minuto do segundo tempo para ver o placar sair do zero. Depois de um bate-rebate no escanteio, Moses aproveitou a bola lançada, pintou atrás da zaga dos Gunners e estufou a rede: 1 a 0.

A partir daí, o embate ficou mais franco, à feição do frio time de Antonio Conte, que sabe como poucos se portar ao ser pressionado. Courtouis fez duas lindas defesas, em chutes de longe de Elneny e Xhaka, mostrando que seria complicado vazá-lo. Porém tudo mudou com a expulsão de Pedro, aos 34 minutos.

No lance seguinte ao adeus do espanhol, Xhaka cobrou a falta na cabeça de Kolasinac, que deixou tudo igual e botou fogo nos minutos finais. Morata ainda entrou em campo, estreando em jogos oficiais, assim como Lacazette, e teve tempo de desperdiçar uma boa chance. A decisão da Communit Shield foi para os inovadores pênaltis.

DISPUTA INOVADORA

Nos pênaltis, Walcott, Monreal, Oxlade-Chamberlain e Giroud fizeram para o vencedor Arsenal, enquanto apenas Cahill marcou para o derrotado Chelsea, que viu Courtois e Morata desperdiçarem.

O confronto não foi alternado. Houve uma novidade, que, após as primeiras cobranças de cada lado, uma só equipe batia duas vezes seguidas - que foi quando o goleiro e o atacante espanhol dos Blues jogaram a bola para fora. Em suma: 4 a 1 para os Gunners.

DESFALQUES IMPORTANTES

A decisão não entregou tudo que se esperava muito por conta de importantes desfalques. Do lado dos Blues, cabe destacar, Hazard não pôde atuar pois se recupera de lesão sofrida enquanto defendia a seleção da Bélgica, no fim da última temporada. Já os Gunners não puderam contar com seus principais talentos: Sánchez e Özil, que ainda não estão aptos fisicamente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos