Descanso, estudo, treino e chance de voltas: os planos do Timão até dia 19

Após dez partidas no intervalo de apenas 34 dias, o Corinthians enfim terá uma folga na tabela do Campeonato Brasileiro. Em virtude das mudanças de calendário pleiteadas pela Chapecoense para realizar amistosos internacionais, o compromisso entre os clubes válido pela 20ª rodada foi adiado, o que fará o Timão ter duas semanas livres até enfrentar o Vitória no próximo dia 19 de agosto. Sem preocupações a respeito de perder o embalo que faz do Corinthians líder da competição com ao menos três rodadas de folga, o técnico Fábio Carille programou trabalhos diferenciados para o período.

O elenco terá este domingo de folga, mas já volta aos treinamentos na segunda-feira pela manhã. As atividades da semana ocorrerão em apenas um período e sempre às 9h30, mas os jogadores terão um raro fim de semana sem trabalho depois desta semana mais intensa. A programação dos outros seis dias antes da partida contra o Vitória ainda não foi definida pela comissão técnica, mas de acordo com Carille terá o dedo do preparador físico Walmir Cruz.

- Vamos preparar o jogadores para dois treinos intensos nesse período, temos um centro de inteligência para ajudar, temos o Fedato (fisiologista), que nos traz números dos jogadores, temos o Walmir, que prepara os trabalhos. Então vamos saber levar bem essa semana e não vamos perder a questão de ritmo de jogo - adianta o comandante alvinegro.

Além da preparação mental e física do elenco, Carille também investirá as duas semanas em estudos de novas táticas e possibilidades para o Corinthians, principal time a ser batido no Campeonato Brasileiro. Por fim, o período servirá para recuperar os jogadores atualmente lesionados: Pablo, Vilson, Moisés, Mantuan, Marquinhos Gabriel e Jadson. As principais preocupações são os dois titulares da lista, que são o zagueiro Pablo, com lesão na coxa direita, e o meia Jadson, que sofreu fraturas em duas costelas.

- Eles vão passar por novos exames até o meio de semana e aí teremos uma resposta mais certa - relata Fábio Carille, que no primeiro turno do Campeonato Brasileiro somou 14 vitórias, cinco empates e nenhuma derrota.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos