Dortmund esnoba assédio do Barça e R$ 367 milhões: 'Não levam Dembélé'

  • Odd Andersen/AFP

    Borussia nao vai facilitar ida de Dembelé ao Barça

    Borussia nao vai facilitar ida de Dembelé ao Barça

Um dos alvos do Barcelona pós-Neymar, Ousmane Dembéle não verá o Borussia Dortmund amolecer e facilitar sua saída. Nesta segunda- feira, o diretor executivo do clube alemão, Hans-Joachim Watzke, deixou claro que o Barça terá que desembolsar uma quantia astronômica pela joia de 20 anos.

"Seja qual for o interessado, 100 milhões de euros (cerca de R$ 367 milhões) é muito pouco por Dembélé", disse o dirigente ao veículo "Eurosport", completando:

"Lembro de Kevin De Bruyne (que saiu rumo ao Manchester City). Foi a negociação mais cara da Bundesliga, mas se analisar, não foi a melhor negociação, pois o Wolfsburg perdeu muita qualidade", opinou Watzke.

O fato é que o Barcelona considera a quantia exagerada por Dembélé, comprado pelo Dortmund por 15 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões). Na última temporada, o atacante francês somou dez gols em 49 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos