STJD desinterdita São Januário; e agora falta liberação do MP

No fim da tarde desta terça-feira, o presidente do STJD, Ronaldo Botelho Piacente, aceitou o recurso impetrado pela diretoria do Vasco, e desinterditou São Januário para receber partidas de futebol.

O fato determinante para a liberação foi o Relatório de Inspeção de Estádios da CBF e os laudos do Corpo de Bombeiros, que garantiram a segurança de São Januário nas partidas de futebol. Agora, resta a liberação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

A liberação por parte das entidades, aconteceu depois das obras feitas no estádio, como a separação da torcida do Vasco com a área de imprensa. Após uma visita de uma comissão da CBF, na sexta-feira passada, o STJD recebeu o relatório positivo da entidade máxima do futebol brasileiro.

- Em relação a interdição, feita pelo STJD, ficou bem claro que precisávamos construir a proteção às cabines de imprensa, o que já fizemos. A autorização da CBF nós já temos. Em relação ao Ministério Público, esperamos acabar com a interdição - explicou o vice-presidente de futebol, Eurico Brandão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos